Dispositivos

Próxima versão da Surface Pen dispensa bateria

A próxima versão da Surface Pen, a caneta digital da Microsoft criada para a lina Surface, dispensará uma bateria interna tradicional que precisa ser carregada ou mesmo trocada a pilha. Tudo bem que atualmente a versão mais nova do acessório tem a capacidade de trabalhar por quase 1 ano sem trocar a pilha, porém, a Microsoft quer além… ela quer que a Surface Pen não precise mais de uma bateria removível ou coisa do tipo.

Uma patente da Microsoft propõe que a Surface Pen faça uso de células fotovoltaicas para carregar a caneta. Essas células voltaicas não estariam fora, mas dentro da Surface Pen.

Uma célula fotovoltaica é um dispositivo responsável por converter a energia luminosa em energia elétrica. Um conjunto de células fotovoltaicas encapsuladas forma os chamados módulos fotovoltaicos – também conhecido como placas solares ou painéis fotovoltaicos, e é daí que muita gente as conhece. As células são produzidas com material semicondutor que, através do efeito fotovoltaico, convertem a radiação solar em energia elétrica.

Como o princípio de funcionamento dessas células tem relação com a captação de energia luminosa, a patente da Microsoft revela que a ideia é carregar a Surface Pen usando a luz emitida pelo display do aparelho, assim, quando a Surfarce Pen estivesse “colada” na lateral do Surface, ela seria carregada apenas pela luminosidade do display.

Surface pens também em várias cores

Mesmo não sendo algo crítico no uso do acessório, qualquer inovação é sempre muito bem vinda. Ainda mais sendo uma opção tão ecologicamente correta, pois, contribuí para a diminuição do uso de pilhas, essas que são bastante nocivas ao meio ambiente quando descartadas da maneira incorreta. Sem falar no fato de que tal tecnologia poderá ser reaproveitada em outros produtos.

Fonte: microsoftinsider

Alexandre Lima
Microsoft MVP Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!