Qualcomm diz que processador de 64bits da Apple não traz nenhum benefício para o usuário

48

De acordo com o vice-presidente da Qualcomm, Anand Chandrasekher, o novo processador A7 de 64bits da Apple que equipa seus novos iPhone’s, não traz benefício algum para os usuários finais.

Chandrasekher disse ainda que a Apple usou esses números de bits do seu processador mais como uma jogada de marketing do que algo que realmente fosse relevante na usabilidade do sistema pelo usuário final. Isso por que chips desse tipo de 64bits teriam como maior benefício o suporte a memória RAM com capacidade maior do que 4Gb, o que não é o caso do iPhone 5S que tem apenas 1Gb, e também para máquinas de alto desempenho e aplicações de grande porte.

Apple-A7-Chip

Ele também disse que a Qualcomm está neste momento trabalhando em um novo processador que também será de 64bits como o A7 do iPhone 5S, porém, a sua afirmação que veio depois disso faz parecer que a empresa só fará isso porque no futuro os demais usuários também irão desejar ter um chip com essa capacidade em seus smarts, e não porque a Qualcomm ache necessário. Faltou apenas ele dizer a data em que esses novos processadores serão lançados.

Pelas afirmações de Chandrasekher nós podemos prever que no futuro, quem sabe ano que vem, podemos ver algum Windows Phone usando um processador de 64bits da Qualcomm. Foi ele mesmo quem criticou no passado o uso de processadores Octa-Core em smartphone, relembre aqui. Você concorda com Chandrasekher?

Fontes: Pocketnow

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!