Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Home Notícias

Relatório confirma investimentos da Microsoft em telas dobráveis

15/01/2019 2531 0
Relatório confirma investimentos da Microsoft em telas dobráveis

Fontes familiarizadas com os planos da Microsoft disseram ao pessoal do The Verge que a empresa de fato está olhando para os dispositivos dobráveis e o hardware de duas telas como sendo uma grande área de investimento para o Windows e o Surface nos próximos anos. Esse investimento inclui a adaptação do próprio Windows e de seus muitos aplicativos integrados para trabalhar em telas e dispositivos dobráveis ??com telas duplas ou mesmo com displays flexíveis.

É sob esse olhar que lançamos o rumor de que a Microsoft já estaria trabalhando em seu próprio hardware de duas telas, codinome Dispositivo Andrômeda, ou como gostamos de falar por aqui, o Surface Phone.

Suas OEMs também devem estar no processo de desenvolvimento dos seus próprios Surface Phone, que também seriam dispositivos 2-em-1, todos rodando o Windows 10. Possivelmente haverá dispositivos baseados na arquitetura da Intel e outros na da ARM.

A maior parte deste trabalho está relacionada ao C-Shell e ao Windows Core OS da Microsoft. Seria uma versão mais modular do Shell do Windows existente que alimentará muitas partes do Windows 10 atualmente.

A primeira versão do Windows 10 (rs_shell_devices_foldables), da qual falamos hoje, teria sido projetada para dispositivos dobráveis, revelando que a Microsoft tem uma equipe dedicada trabalhando na adaptação do shell do Windows para esse novo tipo de hardware, mas que ainda não liberou os testes nem sequer dentro do programa Windows Insider.

O que já sabemos sobre o Windows Core OS?

Falando em Windows Core OS… até hoje ele só apareceu de forma bastante tímida numa rápida demonstração da UI do usuário no Surface Hub 2. Reveja o vídeo abaixo:

Fora isso também vimos uma versão extremamente preliminar rodando num HP Elite X3. Relembre no vídeo a seguir:

Em todo caso, a ideia por trás do Shell auto-adaptável do Windows 10 é proporcionar a opção de criar qualquer dispositivo, com qualquer tamanho de tela, de modo que o Windows 10 e sua interface se adapte automaticamente a qualquer um deles. Só assim será possível operar dispositivos flexíveis ou com telas duplas de forma funcional.

Fonte > The Verge

Compartilhe:

Comentários: