Requisitos mínimos exigidos dos aparelhos com Windows Phone 8 são revelados

67

A Microsoft revelou os requisitos mínimos de hardware exigidos de qualquer aparelho para rodar o Windows Phone 8. Não são tão exorbitantes como se imaginava. Confira abaixo.

  • Processador Qualcomm Snapdragon S4 Dual-Core
  • 512Mb de RAM para aparelhos que possuem telas com resolução WGVA e 1Gb para aqueles que possuem telas com resolução WXGA (HD)
  • 4Gb de memória interna
  • GPS e A-GNSS; GLONASS (opcional)
  • Entrada Micros-SD
  • Entrada para fones de ouvido de 3.5mm
  • Câmera traseira com led flash ou Xenon com no mínimo resolução VGA ou melhor
  • A câmera frontal é opcional, mas, caso o fabricante opte por adicionar uma, essa tem que ter no mínimo resolução VGA ou melhor
  • Sensores de proximidade, luminosidade e acelerômetro. Já os sensores: giroscópio e o magnetrômetro são opcionais
  • Wi-Fi 802.11b/g
  • O Bluetooth é opcional
  • O hardware precisa suportar DirectX Graphics e deve possuir aceleração de hardware para Direct3D usando GPU programável
  • A tela touch screen do aparelho deve ser capacitiva e possuir no mínimo quatro pontos de multi-touch simultâneos ou mais

Ao contrário do Windows Phone 7 no WP8 não é exigido um tamanho mínimo ou máximo da tela. Também vale salientar que alguns apps criados para o WP8 podem não funcionar muito bem com 512Mb de RAM. No entanto, atualmente o único modelo de WP8 que possui apenas 512Mb de RAM é o HTC 8S. Melhor atentar para esse detalhe na hora de escolher o seu modelo.

Isso também serve para nos mostrar as limitações que os atuais Windows Phone 7.5 possuem e que os impedem de rodar o WP8. O principal deles é a ausência do processador Dual-Core. Além disso, entre outras coisas, há a questão do próprio software, tendo em vista que o Windows Phone 8 possui o mesmo kernel do Windows 8, enquanto o WP7.5 foi programado com base no Windows CE. Mas, muito em breve todos terão acesso ao Windows Phone 7.8, que nada mais é do que uma versão simplificada do Windows Phone 8.

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: Huawei realmente vai lançar ao menos um modelo com Windows Phone 8 em 2013 : Windows Phone Brasil()

  • Diogo Franco

    Windows Phone 7.8 vai ficar chique com as tiles preechendo toda a tela. Ao menos aproveita melhor o espaço!

    Eu espero que corrijam alguns bugs chatos. Ao menos o do WIFI ficar desabilitado quando a tela está bloqueada. Afinal eu quero continuar a receber emails (pelo wi fi) e não por dados (que deixo sempre desativado).

    Abs!

    • Rodrigo Moreira

      Isso não é bug. Mas sim, podem colocar uma opção pro usuário poder desligar esse comportamento.

  • E o instagram, será que vai ser possível usar com essa nova atualização? Ele irá aparecer no Market? Vlw :]

    • Bruno

      Isso depende dos criadores do instagram. Tem que encher o saco deles para que criem para WP 7.5+

  • Fábio Moser

    Daqui a pouco, há pessoas que vão querer que a Microsoft lance uma versão do Windows Phone 8 para os aparelhos que rodavam o antigo Windows Mobile… fala sério.

    • Claudio

      Até que seria uma boa ideia.
      Quem sabe assim, iria conseguir alguns clientes.

      • Até que seria uma ótima idéia.
        Algo como “Windows Phone 8 Starter Edition”
        :O

  • Guilherme Santos

    Olá pessoal, fugindo um pouco da matéria acima,ficaria muito grato se alguém pudesse tirar algumas dúvidas minhas sobre o Lumia 920, dúvidas que são elas: Qual a diferença entre o display da Nokia IPS LCD, para o HTC 8 X Super LCD 2 ?? vendo por fotos e alguns videos o display do HTC 8 X parece ter muito mais brilho, e cores muito mais vivas,mais ainda vou de Lumia 920, e a outra pergunta é que a principal caracteristica do Nokia 808 é o Pureview (pura visão) da sua camera de 41 megapixels, tecnologia essa que proporciona a vantagem de tirar fotos de altíssimas qualidades podendo dar zoom sem distorcer os pixels da foto, assim vc da o zoom na foto e ela não perde a qualidade, e eu li em um site da italia que o Lumia 920 não tem essa tecnologia, se vc tirar uma foto com ele e dar zoom, a foto perde sim a qualidade, ja que é assim, por que nomear a tecnologia que eles colocaram no aparelho Lumia 920 de estabilização de imagem e mais entrada de luz para fotos em lugares com pouca luminosidade de PureView? Acho que eles podem tar querendo chamar atenção com o Nome Pure View para todo mundo pensar que a tecnologia que tem no 808 é a mesma que vem no 920! Agradeço quem souber responder! 😉

    • bruno

      No 808 a tecnologia do zoom é melhor pq ele tem 41 mp sendo a do lumia apenas 8.7 mp… No lumia a tecnologia funciona pela luminosidade… É possivel vc tirar uma foto de noite sem flash e a foto sair exatamente como vc ve com seus proprios olhos… O pureview no lumia é sim verdadeiro

    • danieltrocilo

      Olha.. é possível tirar fotos e dar zoom sem distorcer no Lumia 920, muito zoom. porem no 808 esse zoom pode ser ainda maior. Enquando ao display, espere para ver algumas comparações porque vendo videos isolados n da pra saber ao certo qual o melhor.

  • Ibrahim

    Acredito que seja possível instalar o Kernell do WP8 num Omnia W, alguém concorda? É um risco, mas alguém já tentou?

    • Fábio Moser

      Mas o Windows Phone 8 exige processadores dual-core. O Omnia W (assim como todos os demais Windows Phones 7) tem processadores mono-core.

      Tem que ver isso aí….

    • Alan

      Rapaz, essa história do Kernel não desce na minha garganta. Não interessa o kernel usado, se ele é compilado para CPUs ARM, tem que rodar em qualquer CPU ARM, desde que esta seja poderosa o suficiente para tratar as rotinas sem lentidão.

      Não consigo concordar simplesmente com “não roda nos aparelhos antigos porque o kernel é incompatível devido este ser baseado no kernel do Windows 8” – e diga-se, baseado no Windows 8 RT, projetado para CPUs ARM. Vamos explicar logo de uma vez que:

      1- Isso é obsolescência programada, para que haja uma movimentação de compra de aparelhos novos – coisa que a Apple faz, porém com mais honestidade, liberando a mesma versão do SO para os vários aparelhos, porém com recursos capados nos hardwares de menor poder de processamento; tudo roda nos aparelhos antigos, com menor performance, mas roda, somente excluindo apps que usam recursos exclusivos dos hardwares mais novos.

      2- A perda de performance de liberar um kernel mais pesado nas CPUs menos potentes dos WP 7.5 não vale o upgrade para a versão completa, portanto libera-se um kernel “capado”, baseado ainda no Windows CE e para não ser criticado, chama isso de WP 7.8.

      No caso dos apps de WP8 eu concordo: como os kernels são diferentes, com chamadas de sistema diferentes, os apps programados para um Windows baseado no CE não funcionam no Windows baseado no 8 RT – para que funcionem, o WP8 traz uma camada de emulação. Já no contrário, rodar apps de WP8 no 7.8 também seria possível com uma camada de emulação, mas devido ao hardware menos poderoso, poderia ser difícil fazer isso sem perda perceptível de performance.

      Simplesmente ridículo tudo isso. Kernel compilado em ARM, não interessa se baseado em UNIX, Windows 8, Windows CE e o raio que o parta que seja, tem que rodar em CPU ARM. Por isso existe a padronização da arquitetura.

      • bruno

        De acordo com nosso colega acima… (se ele é compilado para CPUs ARM, tem que rodar em qualquer CPU ARM,) então tenta rodar windows 7 ou 8 num pc antigo pra vc ver se naum trava… Se eles dizem sobre o kernel naum ser compativel com o hardware do WP 7.x é pq ele naum suportaria os recursos adicionais do WP 8 e vc naum conseguiria aproveitar 100% do aparelho… Fora isso ele ficaria pior q android de tanto q ele travaria… E outra.. Se nosso colega acima quiser um brick ( tijolo) é so tentar colocar WP8 no omnia w…rsrs

        • Alan

          Bruno, rodar o Windows 7 num PC antigo não é garantia de travamentos. É garantia de lentidão! Uma CPU pouco poderosa para executar muitas instruções passadas em pouco tempo pelo SO causa lentidão. Travamento geralmente é sintoma de problema, seja software mal programado ou hardware defeituoso ou mal integrado.

      • Fábio Moser

        Mesmo que essa sua teoria da conspiração pró-troca-de-aparelhos, fosse real amigo, você acha que ainda assim, seria possível fazer troca dos sistemas através do Zune???

        Sim, porque não se atualizaria de um para o outro. São sistemas diferentes. Seria necessário remover um, para implantar o outro.

        Ou você tá achando que a Microsoft ainda teria a obrigação de desenvolver um software unicamente pra essa função? Tá querendo demais… não acha???

        • Alan

          Fábio, a forma de upgrade não é o ponto discutido. Se a Microsoft em algum momento liberasse o WP8 para aparelhos WP7.5 com toda a certeza isso seria pensado. Como não haverá essa disponibilidade, não precisa-se pensar nessa tarefa.

          Não vejo nenhum impedimento de atualizar um sistema sem remover o outro. Os aparelhos são colocados em modo bootrom (conjunto mínimo de instruções apenas para o PC host detectar o aparelho em modo de programação da flash ROM) para a atualização, portanto, em tese, qualquer coisa poderia ser gravada na Flash ROM do aparelho nesse modo de operação. Gravar outro SO, salvo as devidas proporções, nesse modo de operação é a tarefa mais simples do mundo. Diga-se, é dessa forma que o pessoal instala versões não oficiais nos próprios aparelhos.

        • Alan

          Uma coisa que esqueci de comentar: se não fosse uma forma de obsolescência programada, porque os preços dos atuais WP estão caindo absurdamente? Um Luma 800 há um mês custava 1400 Dilmas, hoje, na loja da Nokia, é possível comprá-lo por 900 Dilmas em 12 vezes sem juros. Isso é para “se livrar” do estoque para receber os novos WP8. Isso pra mim é a explicação mercadológica para a minha teoria de obsolescência programada.

          • jairo

            Com certeza , agora seria a hora em adquirir um LUMIA ….quem comprou antes como eu tomou na cabeça kkk, nunca vi um celular ser depreciado tão rápido, assim como ter uma vida tão curta.

          • Alan, vc tem razão e ao mesmo tempo não tem. Realmente, seria sim possível o upgrade, mas, como o Fábio falou acima seria demasiadamente complexo a Microsoft explicar aos milhares de seus usuários dos atuais WP7.5 como migrar de uma versão para a outra. Hoje já é complicado ensinar o pessoal como verificar a versão do seu OS atual. Imagina o trabalho que dá para explicar que precisa do Zune para atualizar o aparelho, imagina ainda mais como seria complicado explicar essa diferenciação de códigos… nós, “advanced users” entendemos e queremos o update, mas, a grande maioria, e digo isso falando de cerca de 80% dos usuários, mal sabem que precisam atualizar o aparelho constantemente. Enfim, o update para o 7.8 vai satisfazer a grande maioria dos usuários… e mais… mercadologicamente é a melhor justificativa para comprar um aparelho novo, afinal, vc quer o Windows Phone 8, a Microsoft a Nokia, a Samsung e a HTC contam com isso. tudo isso é perfeitamente normal. E discordo totalmente de vc quanto a transparência da Apple, na verdade dificilmente alguém que tem um iPhone sabe o que o cel faz ou não faz com relação a um outro mais novo, pra eles, é tudo igual, essa é a intensão da Apple em lançar o iOS 6 e o iOS 5,9999 ou iOS Capado. O problema da Microsoft foi ter sido sincera e direta demais. Parece que a objetividade do WP subiu a cabeça do pessoal de marketing deles também. Mas, se existisse muiiiitttaaa vontade deles, seria possível, contudo, venhamos e convenhamos, o mundo é capitalista ao limite.

          • Alan

            Alexandre, você é um cara sensato e seu comentário é extremamente pertinente. Se me permite fazer algumas observações, vou enumerar:

            1- Concordamos que tecnicamente, e lógico salvando as devidas proporções, o WP8 rodando em CPUs ARM seria perfeitamente executável nas CPUs ARM dos WP7.5 atuais, o que complicaria é o fator poder de processamento, que entendo, nos atuais hardwares é baixo, o que comprometeria a experiência do usuário. Então a justificativa de kernel incompatível é infundada. O que justifica é a baixa performance em hardwares atuais, se é que isso é uma “verdade verdadeira”. Eu ainda preferiria receber o Windows Phone 8, capado de recursos nativos, mas que rodasse os apps desenvolvidos para o WP8 da Windows Phone Store – até mesmo com perda de performance – durante mais uns 18 meses garantidos.

            2- Entendo também a questão do pouco conhecimento dos usuários e vivo isso diariamente. Muitos nem sabem que tem que atualizar seus softwares e se o sistema não fizer isso automatica e compulsoriamente, muitos estariam rodando versões do Windows 7 sem nenhuma correção.

            3- Acho que falo com certa garantia que quem possui um Windows Phone tem atualmente o Zune instalado, uma vez que é a única porta de entrada para músicas no aparelho, por exemplo. E como o Zune avisa das atualizações e as faz compulsoriamente, o cenário de pessoas com aparelho desatualizado é ínfimo no espaço amostral, apesar de ser um número grande. Ainda me arrisco a afirmar que a maioria fez as atualizações do aparelho sem perceber porque conecta ele e na porta USB e vai fazer outra coisa. Não acho que seja necessário explicar para o usuário como funciona a atualização, basta forçar ela e pronto, como é feito hoje. Essa preocupação de como funciona, é por conta da Microsoft.

            4- Realmente, tudo isso resume-se a questões de mercado, onde o usuário que quer ter o sistema atualizado vai procurar comprar o que tem o Windows Phone 8 ao invés do Windows Phone 7.8. Obsolescência programada pura e simples.

            5- Quanto à transparência, a Apple divulga na liberação do iOS quais os hardwares compatíveis (geralmente o atual e duas versões anteriores, o que dá uma sobrevida de 3 anos para cada versão do iPhone – no caso do iOS6 , três gerações anteriores, dando uma sobrevida de 4 anos ao iPhone 3GS) e quais os recursos liberados para cada hardware, onde todos os Apps rodam normalmente, somente o que diferencia é a performance ou algum App que requer algum recurso exclusivo de uma geração do iPhone. Acho isso mais honesto do que manter duas versões de SO, incompatíveis entre si, no mercado. O que estou reclamando não é ficar no WP 7.8, mas o fato de os apps do WP 8 não rodarem no WP 7.8, o que faz o WP 7.8 nascer acéfalo. Ninguém vai ter equipe de desenvolvimento para duas versões de apps para versões diferentes do mesmo SO – justificaria ter várias equipes para SOs diferentes – todos irão focar no SO novo e o velho que se dane! Nesse ponto a Apple é muito mais transparente: você roda a última versão do SO, muitas vezes capados de recursos nativos (obsolescência programada), mas roda todos os apps com menor performance e somente os apps que requerem algum recurso exclusivo da geração nova do iPhone não serão executados no seu aparelho. Troque de aparelho se quiser. Hoje quem compra um iPhone 4 tem a garantia que todos os apps (sem exceção) da App Store rodam nele. Um aparelho com 2 anos e meio de estrada! Teremos essa garantia da Microsoft com relação ao WP 7.8? O desenvolvimento de apps para WP 7.8 durará, no mínimo, 2 anos? A Microsoft vai obrigar os desenvolvedores a liberar versões dos Apps de WP8 para o WP7.8?

            O que eu entendo de futuro para o WP7.8 é ser um deserto de possibilidades. Um SO muito interessante, robusto, leve, mas sem suporte. E desse mal já me basta o Linux.

            Tudo o que escrevo é pura observação minha, até porque trabalho com tecnologia, meu computador de trabalho é um PC com Windows, meu computador pessoal é um Mac, meu telefone de trabalho é um Lumia 800 (WP7.5) e o meu telefone particular é um iPhone 4 (iOS6). Tenho o privilégio de usar o “melhor” dos dois mundos, mas eu me sinto muito melhor servido no ecossistema da Apple. Eu torço muito pelo Windows Phone, eu achei o SO bastante promissor e o escolhi em detrimento do Android como telefone de trabalho, mas não ter a garantia dos Apps rodando com suporte oficial no meu aparelho por, no mínimo, um ano, é bastante desanimador. Hoje eu penso que, apesar de muito bom e promissor, o Windows Phone não é um bom investimento.

            Espero que todos tenham entendido o meu ponto de vista.

          • Ibrahim

            Ótimo, Alan.
            Vc tocou no ponto em que eu queria chegar: a possibilidade de usar os mesmos APPs do WP8 para quem tem o WP7.5.
            Mesmo ficando lento, acho que valeria a tentativa…

          • Andriw

            Cara, isso seria uma coisa que também não agradaria a todos. Muita gente não iria entender o pq depois de uma atualização o seu celular ficou mais lento. Se me fosse dada a opção de escolha em atualizar para wp8, porem lento ir de 7.8, porem com a mesma velocidade do atual, ficaria certamente com o 7.8. Mesmo pq até o wp8 chegar nos seus vários apps exclusivos que venha a justificar um sistema lento já se vão bons meses ai…

          • Alan

            Andriw, se você fizer um paralelo com o mercado de PCs, seria o mesmo que você concordar com a Microsoft liberando um Windows 7.8 – que não roda aplicativos programados para Windows 8 – para quem não tem “hardware compatível’ com o Windows 8. Você faria um upgrade desse tipo?

            Vamos olhar um pouco para o passado: há três gerações do Windows que os requisitos de harware para a execução básica do sistema não mudam. O Windows Vista definiu o hardware base, o Windows 7 usou a mesma base e o Windows 8 usa a mesma base. Os recursos exclusivos das versões mais novas exigem hardware “avançado”, no entanto, as funcionalidades básicas do SO – e as mais importantes, como gerenciar recursos de hardware, permitir a instalação de outros hardwares e softwares de forma fácil e permitir o gerenciamento de programas – funcionam normalmente em qualquer máquina com hardware básico que foi definido no lançamento do Windows Vista. E todos concordam que o Windows 7 é muito mais rápido que o Widnows Vista no mesmo hardware e que o Windows 8 é muito mais rápido que o Windows 7 no mesmo hardware. Isso é otimização de código.

            Resumindo: o hardware mínimo exigido pelo Windows 8 é o mesmo que exigia o Windows Vista, não muda há três gerações do SO. Isso para a Microsoft é uma mudança de paradigma porque até o XP, cada geração nova do Windows exigia um hardware muito mais poderoso.

            Porque o Windows Phone tem que sofrer com o paradigma do passado? Porque não adotar a nova (e inteligente) forma de liberar versões novas, baseadas em melhoria do código para aumentar a performance? Se o Windows Phone 8 tem recursos que necessitam de hardware avançado, não os ative nos telefones que não possuem o hardware avançado, como é feito no Windows para desktops. Simples assim. Otimiza-se o código para executar com a máxima performance possível em CPUs single core, para diminuir o consumo de RAM a fim de sobrar mais para os programas e para permitir que os fiéis usuários da plataforma tenham a opção de usar os apps mais atuais e decidir trocar de telefone quando a performance não atender (leia-se agradar) ou quando o bolso permitir.

            Agora deixo mais uma impressão pessoal minha: o mercado de PCs é inundado de possibilidades para o usuário. Este pode montar um computador e instalar nele o SO, sem a intervenção de nenhum fabricante. Isso não acontece no mercado de celulares. Ao menos eu não conheço ninguém que tenha montado o próprio celular. Será que essa estratégia da Microsoft não é uma pressão dos fabricantes que precisam vender hardware novo para ganhar dinheiro? Porque a Microsoft entrou no mercado de tablets com hardware próprio? Para controlar o padrão do mercado? Porque existem rumores de um esperto fone da Microsoft?

            Acho que isso é a tentativa da Microsoft de forçar os fabricantes a seguir um padrão, do tipo “olha só seu Nokia, seu Samsung, seu HTC, seu Huawei: se vocês não permitirem a atualização do software no hardware de vocês, eu vou permitir no meu, portanto, eu vou abocanhar o mercado de vocês! Se vocês não produzirem nada melhor, eu vou abocanhar o mercado de vocês! Eu defini o padrão, se quiserem façam melhor. Se fizerem pior, eu abocanho o mercado de vocês!” Logicamente não é só isso, tem questões de controle da plataforma, de ganho com venda de hardware, de experimentação de mercado, etc, etc, etc,…

            O que importa agora é: Você usaria um Windows 7.8, mesmo que ele não rodasse os apps do Windows 8, no seu desktop?

          • Felipe Bruni

            Essa conversa tá muito boa. Vou fazer uma pergunta e me desculpem se eu falar bobeira (e se eu estiver errado, por favor, sintam-se livres para fazer as devidas correções).

            A limitação dos apps não se deve ao fato de que o Windows Phone 8 é baseado no kernel do Windows 8, enquanto o do Windows Phone 7 (e por consequência o 7.5 e 7.8) no kernel do Windows CE? Neste caso a limitação faria sentido, não?

          • Porra esse Alan sabe msm..To boquiaberto aqui…Alan tem Algum ‘emulador’ para os macs rodarem jogos?Eu sei q tem pro linux.

            Macs são muito bons..Não curto iphone pelo preço , e pelas poucas funçoes e mais do mesmo oferecido.

            Existe esse tal emulador?

          • Concordo com o Alexandre lima, no meu trabalho eu falo , Ah, ano q vem tem Android 4.2 pro seu S3 , ae o cara fala, oq é isso vc pode me explicar? Ai tem as 2 formas e explicação a Simplificada e a mais aprofundada… A maioria das vezes eu prefiro dar a mais aprofundada…Oq foi errado na M$ foi ser muito direta na hora e explicar q nao atualizaria os seus aparelhos…

            Para users como eu q tinham comprado o aparelho a 3 meses foi uma noticia muito ruim , ai me arrependi de ter comprado um WP…De fato é um sistema OTIMO, porem por outro lado, ele foi abandonado, tendo espasmos no chão…

            Dificilmente comprarei outro aparelho com esse sistema, e estou esperando uma rom modificada para colocar nele, seja com Android ou WP.

          • Rapaz, respondendo a sua pergunta sobre o emulador para jogos em Mac:

            A primeira dica que eu daria é: não use um emulador. A perda de performance devido ao uso desse tipo de software pode ser frustrante. Se for inevitável, procure usar máquinas virtuais como o VMWare ou o Parallels. Eles tem muitos recursos para jogos, mas tem que instalar o Windows nessas máquinas virtuais.

            O mais interessante no nosso caso, para jogos, seria usar o Windows rodando nativamente na máquina através do Boot Camp (ferramenta do OS X que permite o boot do Windows nos computadores Mac). Assim você garante toda a performance. Ainda existe a possibilidade de o jogo que você quer rodar possuir versão para Mac, aí é o melhor dos cenários: rodar o jogo no OS X, que é otimizado para o hardware do Mac, sem emulação. Verifique se o jogo em questão tem versão para Mac à venda no Steam ou na Mac App Store.

          • Não tem o Killing floor…Esse negocio da certo mesmo? de rodar em boot camp…

            Sobre o emulador é uma droga, dependendo do processador usado , ele nao tem certas instruções para rodar e fica dando muitos bugs.

            Maquina virtual pega direito?

            Qual maquina recomenda…tem q ser uma com pelo menos uma Gforce legalzinha e td mais, já q mac nao trabalha muito com AMD.

          • Não sou um especialista em jogos, até porque os curto em consoles.

            Não sei que máquina seria o ideal para rodar o jogo em questão, nessa eu não poderia ajudar muito.

            Posso ajudar com as outras dúvidas, essas coisas que já faço há algum tempo. Para facilitar, vou dividir em tópicos:

            1- Boot Camp: Esse recurso do OS X é um facilitador para a instalação do Windows em um Mac. É um software integrante do OS X desde que a Apple passou a usar a arquitetura X86. O que ele faz é particionar o HD do Mac para receber o Windows (sem a perda de dados) e, além disso, gerencia qual a partição de boot do sistema. Ele não atua como o Grub ou o LiLo porque não é um gerenciador de boot, apesar de ter um funcionamento parecido. Ele, de dentro do SO (seja o OS X ou o Windows) marca a partição que será usada no próximo boot do sistema e reinicia o computador. Nesse caso, ao rodar o Boot Camp dentro do OS X (Assistente do Boot Camp) pela primeira vez, ele particiona o disco, baixa os drivers necessários para o Windows, grava em um DVD (ou Pendrive) esses drivers, orienta o usuário a inserir o disco do Windows e reinicia a máquina permitindo a instalação do sistema da MS no Mac. Depois de iniciar o processo de instalação, aí é como em qualquer PC. Instala o SO, instala os drivers, baixa as atualizações e pronto.

            2- Máquina Virtual: Esse recurso, não nativo do sistema, faz com que seja possível rodar um sistema operacional dentro de outro, ou seja, haverá um sistema host (hospedeiro) e um sistema guest (convidado). Exige um aplicativo externo de terceiros (tais como o VMWare Fusion, o Parallels Desktop ou o VirtualBox – este último gratuito). Após instalado, basta criar uma máquina virtual baseada no SO que pretende rodar – dá pra rodar Linux, Windows, IBM OS/2, DOS, Solaris, entre outros – e após criar a máquina é só instalar o sistema operacional e os drivers da máquina virtual. Todas as que citei tem assistentes para facilitar o uso desse tipo de recurso.
            Aqui vale um adendo: como o sistema guest roda sobre o sistema host, o sistema guest é um “aplicativo” do sistema host, portanto ele concorre por recursos da máquina junto com os outros aplicativos do sistema host. Isso quer dizer que você nunca terá toda a RAM ou toda a atenção da CPU no sistema guest, o que para jogos pode ser muito ruim. Essa solução é boa para pessoas que estão fazendo a migração de um sistema para o outro, enquanto não se encontra programas para fazer tudo que se fazia antes da migração ou quando não há efetivamente versão de um determinado programa para a nova plataforma.

            Espero ter ajudado!

          • Ajudou bastante! Saber fazer maquina virtual em mac já sei…Agora só falta o computador KKKKK.LOL

    • Felipe Bruni

      Eu costumo dizer que em mecânica e tecnologia quase tudo é possível. Vai dar pra instalar o WP8 nos aparelhos atuais? Provavelmente sim, através de gambiarras. Roms alternativas pipocam na internet o tempo inteiro. É improvável que fique bom, mas não diria que é impossível que funcione. Importante lembrar, porém, que você caso isso aconteça, não haverá qualquer tipo de suporte por parte da Microsoft.

      • Alan

        Felipe, como não apareceu o botão responder na sua última mensagem, vou responder por aqui.

        A limitação faz sentido sim, apps programados para uma plataforma, em tese, não funcionam na outra, teriam que ser recompilados. O Windows Phone 8, baseado no kernel do Windows 8 RT tem uma camada de emulação que “traduz” o app do Windows Phone 7.5 para funcionar. Já o Windows Phone 7.8, baseado no kernel do Windows CE, não terá essa camada de emulação porque o hardware menos poderoso dos aparelhos atualmente com o Windows Phone 7.5 não permitiria executar essa tarefa com performance aceitável, sem contar que os apps de Windows Phone 8 teriam chamadas de sistema inexistentes para o Windows Phone 7.5 (ou 7.8). Como tratar essas chamadas? Seria necessário virtualizar o kernel WP8 também para tratar essas situações. Para virtualizar o kernel, seria mais inteligente rodar ele nativamente no hardware, o que não acontecerá.

        Espero que eu tenha sido claro! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

        • Felipe Bruni

          Entendi! hahaha
          Obrigado!

  • Claudio

    Nós brasileiros defendemos muito a causa dos outros e sempre somos explorados.
    Quando vamos parar e pensar um pouco? Quando iremos acordar?
    Somos roubados nos aparelhos, nos sistemas operacionais e achamos legal e ainda nos sentimos felizes em pagar 2000.00.

  • João Pedro

    Gente,eu preciso que me falem,o motorola razr hd eh bom??? e tem previsão pra chegar o maxx hd??
    Brigadão 😀

    • João, o blog só trata sobre Windows Phone e não sobre aparehos com Android….

      • João Pedro

        Mas poderiam me ajudar… to puto com a nokia de ter que esperar ate ano que vem pra ter um smart,entao gostaria de saber a data de lançamento do razr hd para ver se compensa esperar o android+motorola ou ir de nokia+windows phone

        • bruno

          Cara ele é bom sim… E ainda por cima pelo design dele que é feito de metal e kevlar… Mas se eu fosse vc eu aguardava o S3 baixar um pouco o preço ou a chegada dos WP8 que sera ao mesmo tempo… Pois celulares Motorola e LG com android são aparelhos q digamos… “AGUENTAM AS PONTAS ATÉ COMPRAR UM MELHOR” android é Samsung e WP8 é Nokia… SE EU FOSSE VC ESPERAVA UM POUCO MAIS…

  • Alecs Mota

    Antes eu usava o windows mobile, que foi,como posso dizer, descartado pela microsoft. Fui então em busca do windows phone e agora isso, novamente, outra vez??? Vou esperar esse wp7.8 e dependendo do resultado acho que irei para o robô. Não me sentirei como uma cobaia, comprando um bom smart como fiz comprando hd7.

    • Rodrigo Moreira

      Tbm tenho um HD7. Comprou quando o seu. Comprei nessas lojinhas de eletrônicos “importados” em maio de 2011.

      • Alecs Mota

        comprado em jun de 2011 importado dos eua, com winphone 7

        • Rodrigo Moreira

          Nossa, esqueci do interrogação.
          Bom, nunca usei o Win Mobile mas sei que era péssimo do ponto de vista do desenvolvedor, não sei do usuário.

          Nós, usuários do WP, sabemos no que ele é bom e no que ele deixa a desejar.
          Quando eu soube que o WP rodava no Windows CE, que é um SO móvel com alguns anos nas costas já, percebi que não iria durar muito tempo.

          Minha humilde opinião é que com o novo kernel a história será outra. Tenho certeza que quando surgir um novo WP, esses WP8 poderão ser atualizados (talvez até nos moldes da Apple, isso não sei).
          E todos concordamos que a microsoft está com a faca e o queijo na mão. Muitas pessoas, de outras plataformas, estão interessadas no novo WP, pois ele chama a atenção e tem recursos interessantes.
          Se a Microsoft esquecer, por exemplo, de algo crucial pra essa nova plataforma móvel e por acaso, daqui 2 ou 3 anos, disser que vão mudar de novo o kernel ou seja lá o que for, tenho certeza que niguém realmente vai mais tolerar isso.
          Tenho certeza que a Microsoft já sabe disso e não fará algo tão arriscado assim novamente, pois esta mudança agora é justamente pra evitar isso no futuro.
          São muitas as mudanças que ela está fazendo agora pra daqui 2 anos falar que vai mudar algo de novo.
          Se vc puder, tenha um WP e um Android, mas creio que não será necessário. Pois dessa vez é só alegria.

    • bruno

      Ué… Façam jailbreak e baixem a rom lumiatrix 5 que é nada mais nada menos q a firmware do 7.8… Estou usando e ta de boa… Até uso conta brasileira e tenho games como nfs, assassins, pes, e outros mais…

      • Alecs Mota

        Onde está esse tuto Bruno, tenho essa ideia mesmo…

        • bruno

          Basta fazer o jailbreak normal e instalar a rom q mencionei… Procure no google o tuto para seu aparelho e baixe a rom separadamente… Instale depois de feito…

          • CADECADE? Vo colocar no L800 da minha irma…

  • jamin

    Wp 7.8 n tem nada de WP8. Gente é só os titles e nada mais… O resto é tudo WP 7.5 . A unica coisa q vai ser diferente e q n vai ser a microsoft e sim a Nokia q irá liberar através de um app exclusivo a liberação do bluetooh

    • Rodrigo Moreira

      Minha aposta é que serviços da Microsoft que não dependam de hardware tbm serão atualizados.

      • bruno

        Exatamente… Concordo com o rodrigo moreira…não é apenas a tela… Tem mais coisas…

  • jairo

    Windows 7.8 versão simplificada do wp8? Por favor corrija isto….

    • Fábio Moser

      Porque?
      O Alexandre não falou nada de errado. Ele está coberto de razão, e não há nada para corrigir.

      • jairo

        Versão é uma variante de alguma coisa original, geralmente uma versão é uma melhoria da anterior que não é o caso do wp7.8 se comparado ao wp8. Entendeu?

        • Tamba

          Concordo com você, acho que o WP 7.8 se tornou a versão ching ling do WP8. Sabe quando você vai no camelô (ou melhor, comércio alternativo) e encontra aquele aparelho que não lançaram ainda? Foi o caso do WP 7.5

          • bruno

            NADA A VER… O 7.5 E O 7.8 NÃO SÃO VERSÕES CHING LING… POIS NESTAS VERSÕES VEMOS VARIAS MUDANÇAS E MELHORIAS COM A EXPERIENCIA DO USUARIO COM O APARELHO… ASSIM COMO NO ANDROID 4.0 E 4.1 MAS MSM ASSIM NO ANDROID ELES NÃO ACRESCENTAM NADA DEMAIS SO MUDA A VELOCIDADE DE NAVEGAÇÃO PELO SISTEMA… DE TANTO Q TRAVA…( PQ O S3 TRAVA DEMAIS…RSRS )

        • Felipe Bruni

          É por isso que ele usou a expressão “Versão simplificada”. Acho que ficou bastante claro.

        • Rafael Andrade

          “Geralmente”. Caso encerrado.

        • Andriw

          Jairo, então é errado dizer que o S3 premium é uma versão com menor desempenho de HW que o S3?

          • jairo

            Desconheço S3 Premium…..mas em todo caso…. vc pode afirmar que ele possue uma versão com menor ou maior desempenho devido algo…seja hardware…nova versão do OS … Ai vc transmite credibilidade.

    • Jairo, o que realmente quis dizer é que o WP7.8 terá funções bem semelhantes do WP8, mas, recursos que exigem um hardware complementar e também novidades exclusivas que dependam de RAM e Processador, ficarão de fora. A questão é que… entenda… nós recebemos o WP7.5 muito tarde. Os americanos curtem o Windows Phone 7 desde outubro de 2010 e para quem comprou um smartphone em 2010/2011 e ainda tem a chance de atualizá-lo o WP7.8 é o máximo, pois, irão passar quase 3 anos com o mesmo aparelho totalmente atualizado, mas, nem todos compraram no começo certo? Alguns compraram agora pouco. Então, o WP7.8 é uma versão simplificada sim do WP8, pois, os aparelhos mais antigos não tem condições de rodar a nova versão do S.O. completa, e por isso receberão algo “parcial”. Isso não é coisa do WP, a Apple faz isso desde sempre. o iPhone 3GS roda uma versão extramente limitada do iOS 6, o iPhone 4 tb. Apenas o iPhone 4S e o 5 rodam a versão Full do iOS 6… ou estou errado? Ainda pior que isso é o caso do Android. Quantas pessoas vc conhece que tem um aparelho com Android 4.1? Ou ainda… quantos aparelhos no mundo rodam o Android 4.1? Não quero que ninguém se conforme com nada, apenas gostaria de explicar o que muitas vezes, por revolta ou algo do tipo, não vemos. lembrando que um Lumia 710 roda a versão full do Windows Phone 7.5 e rodará a 7.8 e custa menos de R$ 699,00. É um excelente custo benefício… que outro aparelho NOVO vc compraria por esse preço? Mas, que fosse atualizável e com os mesmo hardware?

      • Fábio Moser

        Isso aew!!! Disse tudo, Alexandre!

      • jairo

        Parabéns pelo seu bom blog…não me sinto incomodado em não receber a versão full do wp, em parte devido as limitações de hardware que vc deve estar cansado em citar , tambem acho que tanto hardware como software devem evoluir, e embora ,por questões pessoais , e usuário eu não seja simpatico ao wp acredito que a colocação ” versão simplificada do wp8″ induz os consumidores a erros de interpretação e posteriormente a frustações..e sim , atualmente os lumias e demais devices com wp são os que apresentam excelente custo X beneficio, felizardo é aquele que adquirir um wp7.x agora, estará fazendo uma boa compra, qto.as suas afirmações sobre o iOS embora em menor grau eu também concordo, resaltando que a fragmentação ocorre somente nas funções e não em acesso a apps.

        • Bem justo sua colocação… e entendo. Dá próxima vez tentaremos ser mais detalhistas quanto ao Windows Phone 7.8 para evitar possíveis interpretações equivocadas. Obg por participar 😀 e não espere que isso seja uma repreensão, estamos apenas evoluindo juntos. abs

          • jairo

            E novamente meus parabéns pelo bom blog.

  • victor vianna

    Entrada SD não é obrigatória não, tanto que o Lumia 920, seu principal, não tem!!

    • Ele tem, mas, não é acessível ao usuário. Mesmo sendo interna, é um cartão de memória.