Resposta da Microsoft a Google com relação ao novo app do Youtube para o Windows Phone

44

Muitos devem lembrar que na semana passada a Google enviou a Microsoft uma carta oficial solicitando a retirada imediata do novo aplicativo do Youtube da Windows Phone Store e o seu bloqueio em todos os aparelhos nos quais ele tenha sido instalado. Isso porque segundo a Google o novo app estaria prejudicando o ecossistema do Youtube ao permitir o download de vídeos e por não exibir propagandas nos vídeos.

Pois bem, a Microsoft respondeu a solicitação de uma forma bem objetiva. A tradução do texto você confere abaixo:

O YouTube é consistentemente um dos principais aplicativos baixados por usuários de smartphones em todas as plataformas, mas, a Google tem se recusado a trabalhar conosco para desenvolver um aplicativo em pé de igualdade com outras plataformas. Desde que atualizamos o aplicativo do YouTube para garantir a nossos clientes em comum uma experiência semelhante as demais plataformas, avaliações e feedback tem sido extremamente positivas. Nós seríamos mais do que feliz em incluir a publicidade, mas precisamos que o Google forneça acesso às APIs necessárias.

Quem tem o app instalado em seu Windows Phone já deve ter percebido que ele continua lá, firme e forte e funcionando perfeitamente. E se quiser ir ainda mais longe, se buscarmos por ele na loja de apps, ele também continua lá fazendo o maior sucesso. Isso mostra claramente que a Microsoft não irá retirar tão facilmente o app da loja, tendo em vista que o prazo dado pela Google já expirou.

Novo app do oficial do youtube para o windows phone 8 img 1

O texto também mostra que a Microsoft está disposta a incluir as mudanças que a Google pediu, contudo, para isso ela precisa que a solicitante envie as API’s que estão faltando.

Isso mostra claramente que a Google está tentando prejudicar o Windows Phone bloqueando o acesso dos seus usuários a seus serviços.  A Microsoft tenta contornar a situação, mas, não parece esta fazendo muito efeito. Enquanto isso, nós ficamos apenas de espectadores esperando para ver no que vai dar essa briga. Será que os tribunais serão acionados mais uma vez?

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!