[Rumor] Windows Phone e Windows RT podem ser unificados no futuro

35

O mais novo rumor envolvendo o Windows Phone é bastante interessante… segundo Eldar Murtazin, jornalista russo que antecipou a parceria entre a Nokia e a Microsoft em 2010, afirma que a Microsoft começou recentemente a trabalhar num novo projeto de software que seria a unificação do Windows Phone 8 com o Windows RT, tornando-os um sistema só.

windows-9-concept

A ideia seria parecida como o que vemos hoje no Android e no iOS, em que os Tablets e smartphones usam uma versão muito parecida do sistema, onde grande parte dos apps rodam tanto no smart como no Tablet, contudo, com um poder ainda maior de compatibilidade.

windows-phone-9

O “novo” sistema estaria sendo produzido do zero, assim como foi com o Windows Phone 8 e estaria pronto para ser lançado apenas em 2015. Essa data poderia coincidir com o fim do suporte ao Windows Phone 8, logo, podemos estar lendo sobre o desenvolvimento do futuro substituto do WP8. Claro que ainda falta muito tempo para 2015 e o desenvolvimento de um novo S.O. precisa realmente de anos de trabalho, sendo assim, a fonte de Eldar pode estar correta quando a essa informação. Quem sabe ano que vem não vemos algo mais concreto sobre isso na BUILD 2014. Ciclo normal de desenvolvimento ou mentira? O que você acha disso?

Fontes: WMPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: [Rumor] Windows RT e Windows Phone devem passar por uma fusão nos próximos anos - Windows Phone Brasil()

  • Christopher Rechter Gomes

    O que falta na MALDITA Microsoft é reconhecer que o Brasil é o 4º consumidor de seus produtos no mundo e começar a fazer apps com a língua nativa para nós …. comprei um Lumia 820 e estou adorando …. daqui três anos eu penso no que fazer ….

  • Eagle’

    Não vejo problema algum nisso, mas o que nos deixa confusos é em relação as supostas atualizações até a “finalização” da GDR4 e o rumor de passagem para o que viria a ser o Windows Phone Blue. E isso já no fim de 2013.. ou primeiro trimestre de 2014. Mas até o momento é tudo rumor. Mas pensando bem, e levando em consideração a logo lá no post.. talvez essa união do Windows 8 com o Windows RT seja claramente o Windows Phone 9 ou Windows Phone Blue.. bem, só nos resta esperar estas 4 próximas atualizações: GDR2, Amber, GDR3 e GDR4, então iremos ver no que vai dar. Se não houver mudança de versão, ai sim a ideia do post so vai se tornar mais forte.

  • Fernando Almeida

    Coisa mais natural do mundo, hoje as pessoas tem aparelho como meu 820 que são bons e naturalmente podem durar anos, não sei a bateria… mas isto se compra.

  • Fellipe Ribeiro Silva Abib

    Não acredito que esteja sendo reescrito do zero.. Eles fizeram isso com Windows Phone 7 e depois com o windows 8.. E ainda as pessoas estão acostumando com o windows 8.. Tem pessoas que nunca ouviu falar em WP8 ou W8.. Fui pra Miami 2 meses atrás e todo mundo ficou abismado quando mostrei meu 920.
    Acredito que eles estavam refazendo muitas coisas.. Reescrevendo boa parte dos aplicativos, mas reescrever um SO do zero é demorado.. Eles começaram a reescrever do zero na época do windows Phone 7 (pouco depois do lançamento do windows 7.. Sim.. Eu tive um wp7.0) e falaram que serviu de inspiração pro w8.. Demorou quase 3 anos.. E migraram pro 8.. Se for totalmente reescrito não acho que vai ser em 2015 e sim depois ainda..

    • Felipe Ito

      Não precisa necessariamente estar sendo reescrito do zero. Eles podem usar a mesma base, mas o resultado final poderá ser algo não compatível com o hardware atual. Pode ficar mais pesado, e o hardware de hoje pode não conseguir manter a mesma performance, e isso justifique a não atualização.

      Sabe quando os entusiastas dizem que não faz diferença ter um Quad Core com 2 GB de RAM hoje em modelos high-end? Então, daqui a uns 2 anos, essa configuração tende a ser encontrada com maior facilidade em mais modelos (a Samsung já lançou um modelo com processador Quad Core por menos de 1000 reais [Samsung Galaxy Win Duos], imagine daqui a uns 2 anos quanto poderá custar um modelo com esse processador).

      A desculpa, no futuro, poderá ser mais uma vez o hardware. Que foi a mesma desculpa nos vários modelos com WM6.5, que apesar de ter kernel similar ao do WP7, não recebeu qualquer atualização. Simplesmente pela diferença de hardware.

      Há um bom motivo para usarem processadores Dual Core, apenas 1 GB de RAM e ainda uma GPU defasada na linha high-end atual. Que é o foco na obsolência programada. Eles poderiam lançar hoje modelos com hardware de ponta, e isso poderia diminuir os motivos para a troca de modelo a longo prazo.

      Sempre há aqueles que usam apenas aplicativos, que ignorem jogos complexos, e que não iriam trocar de modelo se este continuasse sendo atualizado ou que continuasse rodando boa parte dos aplicativos lançados (vide o iPhone 3GS que é de 2009, e que continua sendo usado por muitos).

      Graças a isso que muitos pagam caro, mas não abrem mão de um iPhone. O ciclo de vida dele é indeterminado caso você compre um modelo topo. Ele tende a ser atualizado constantemente durante um bom tempo. E a compatibilidade de aplicativos e jogos se mantêm mesmo após ele ser descontinuado (vide o iPhone 3GS, iPod Touch, e o primeiro iPad que rodam ainda boa parte dos aplicativos disponíveis).

      • Francisco Lunardi

        Só não esqueça que esse “novo” sistema é pra 2015 (se seguir o cronograma da MS, terceiro-quarto trimestre) até lá até os quad atuais serão obsoletos e provavelmente 4Gb de ram tambem sejam comum, considerando que o WP8 foi lançado em 2012 seriam ao menos 4 anos com o “mesmo” sistema, mesmo em partes, mas explico, enquanto no android e no IOS (esse principalmente) se junta 10 mudanças no sistema e já é “novo” (no android é GB, ICS, JB, no IOS e 4, 5, 6 e assim vai) no WP a MS segue o esquema dos seu sistema de PC, um novo sistema e diversas grandes atualizações (mas que continua sendo o mesmo sistema), por exemplo, Windows XP (principal, sistema inteiro) e depois SP1, SP2 e SP3 (grandes atualizações) e depois veio o Vista (sistema novo), agora eu faço a pergunta, quem tinha uma licença original do XP ganhou uma gratis do Vista no lançamento deste? Não correto, mas é assim que funciona com a MS, muitos se indagarão que o Android e o IOS são diferentes, mas é diferente tambem a fonte de renda delas, a principal fonte de renda da Google, por exemplo, é propaganda e seus serviços e o android não são produtos são “trabalhadores” e ajudam muito nisso, a MS ganha dinheiro com as licenças, e licenças vc paga apenas uma vez.

        • Felipe Ito

          Eu concordo em relação a licença. A Microsoft até hoje acredita que é fundamental lucrar a cada ativação do Windows. E ela acaba ignorando várias outras formas de lucrar mesmo não cobrando por ela (vide o modelo adotado pela Apple e pela Google que agrada bem mais os usuários).

          Em relação ao tamanho das novidades. Discordo.

          O Android evoluiu absurdamente a cada versão lançada (diga-se 1.0 > 2.0 > 3.0 > 4.0). A cada versão ela retrabalhou boa parte do sistema, incluindo a interface, aplicativos nativos, SDK, funcionalidades, etc.

          Já o iOS evoluiu menos, mas houve um acréscimo de recursos a cada versão. Similar ao Windows Phone, que pouco mudou em relação aos aplicativos nativos e na interface. Apesar do kernel ter mudado, poucos recursos foram acrescentados (apesar destes serem importantes). O kernel colaborou para uma evolução nos aplicativos e jogos desenvolvidos, mas isso veio mais para corrigir as limitações da versão anterior (a SDK do WP7 consegue ser mais limitada do que a SDK do Android 2.1).

          Em relação a hardware. O principal é que os modelos evoluam ano a ano. Diferente do WP7 que manteve um hardware padronizado (para baixo) nos seus 3 anos de vida, acabando com as chances dos modelos lançados no terceiro ano serem atualizados.

          Achei cômodo eles apostarem em um hardware de mid-ends nos high-ends. Assim, fica fácil tornar os modelos atuais completamente obsoletos outra vez. Caso tivessem uma configuração top, acho bem difícil que a futura versão não fosse compatível (ao menos com os modelos high-end).

  • Devamps©

    Para quem estiver interessado…
    A aplicação Photo Editor by Aviary foi disponibilizada GRATUITAMENTE por TEMPO LIMITADO para WP8.
    http://www.windowsphone.com/pt-br/store/app/photo-editor-by-aviary/a0bf7dd8-21c5-4e45-ac7c-941912c4dfd5

  • Guest

    Enquanto um sistema é “reescrito do zero” a cada 3 anos, a concorrência segue amadurecendo cada vez mais e ganhando mercado. Microsoft, você precisa de um direcionamento estratégico já!

  • Robson

    BETA OS… Hehehe… Lá vai a Microsoft tentar outra vez. Tenta, tenta e nunca acerta. Tá ruim, hein? Pelo menos ela já tem 3 anos de informações fornecidas pelos BETA testers, opa… desculpa… pelos usuários. Hehehe…

    Guerreiro quem ainda aposta nisso.

    • Gabriel Farias

      Agente te espera em 2015 postando aqui que ama seu windows phone 9.

  • Willguevara

    Se for para tornar impossível o porte do novo sistema para os antigos aparelhos por causa do hardware eu até entendo, mas o problema vão ser os programas que tem grande chance de terem que ser reescritos para a nova plataforma fazendo com que a Microsoft tenha que remar de novo para conseguir apps em qualidade e quantidade para o novo sistema e com isso quem adquiriu um aparelho com o 8, vai ser abandonado assim como foi quem adquiriu o 7.

  • Marcos Silva

    Sério isso? A Microsoft tá sempre escrevendo do zero seu SO mobile? Não deram update pro Windows Mobile 6.5 pq o SO foi reescrito. Depois, não deram update do Windows Phone 7 pro 8 pq o SO foi reescrito. Será que vão fazer o mesmo com o 9??? Reescreve, reescreve… o Windows pra smartphone vai ser sempre um rascunho??? Amo essa plataforma, mas espero que a Microsoft reveja essa postura de Diva (pintou, não gostou, rasga tudo e começa de novo!).

    • Eagle’

      Não acha que permanecer 3 anos em um S.O ou aparelho já está de bom tamanho? Além do mercado virtual existe uma coisa chamada Mercado Economico. E é assim que as empresas se mantem. Acho 3 anos um ótimo tempo para suportarem o WP8.. virão mais atualizações. Tem usuários que não entendem absolutamente nada de como funciona o mercado e evolução tecnológica. E exige demais..

      Sem contar que ninguém passa tanto tempo com um mesmo aparelho hoje em dia, em 4 anos.. já é um ótimo tempo para trocar e reciclar o atual.

      • Felipe Ito

        Isso não é tão ruim caso eles não lancem nenhum modelo no terceiro ano. Neste caso, todos os modelos lançados teriam ao menos 2 anos (ou mais) de suporte “de verdade”.

        • Francisco Lunardi

          Nisso eu concordo que deveria mudar (e caso o mercado do WP8 cresça será uma cobrança natural), tipo a nokia lança um aparelho em setembro de 2014, (e acredito que até lá o WP8 terá que estar NO MINIMO emparelhado em termos de hardware com os android) e concerteza vai, tenha garantido atualização pra um vindouro novo sistema e como este NÃO TEM COMO ser tão diferente do que o WP8 (ou teria que adaptar todos os apps da loja) a razão pra não atualizar um aparelho com hardware top DA EPOCA (e falo de 2014-2015) seria bem pequena.

      • Marcos Silva

        Cara, isso tá errado em tantos níveis… Essa necessidade de “a economia tem que girar” causou muita coisa ruim no mundo já. A Europa iniciou o neocolonialismo pra expandir mercado e aumentar as vendas de seus produtos. O resultado? Duas guerras mundiais. Hoje, as empresas querem que você troque todo ano de telefone. E os telefones antigos, vão pra onde? Lixo que demora décadas para se degradar, baterias que contaminarão o solo. E o pior, tem gente que simplesmente comprou esse discurso, que acha normal trocar a cada dois anos “por que a economia tem que andar”. Cara, o iPhone 3gs foi lançado em 2009 e ainda recebe atualização, e vai funcionar os principais apps da AppStore. Agora, me diz se os novos apps da WP Store funcionarão no 7.x

        • Eagle’

          Por isso citei “reciclagem” e não simplesmente jogar em qualquer lixo não recomendado para cuidarem perfeitamente e renovarem o uso das baterias e reaproveitarem os materiais antigos inserindo-os nos aparelhos atuais, os demais comentários eu dispenso.

          • Marcos Silva

            Hum-hum. Realmente, recliclagem é uma realidade em todas as cidades do mundo. Basta ver a coleta seletiva no bairro… só que não. Quanto aos demais comentários, realmente pouco importa refletir sobre os impactos que as formas de consumo desenfreado podem trazer. Vamos comprar mais, por que não???

          • Carlos Augusto

            Nada impede você de continuar com o mesmo aparelho, nem se sabe se vai ter atualização completa para o WP 9 ou se vai ter uma atualização visual e capada assim como acontece com o iOS.

  • Francisco Lunardi

    Calma pessoal, antes de mais nada WP8 e W8 JÁ possuem muita semelhança
    (principalmente o WinRT 8) e o kernel é compartilhado com todas as
    plataformas da MS (PC. Xbox e Smart), só ai as mudanças já não seriam
    tão drasticas, outra que o maior mercado da MS é os PCs, reescrever um
    SO totalmente do zero alem de não ser facil é muito arriscado pois pode
    gerar incompatibilidade (e geraria com certeza) com a maioria, senão
    todos, os programas do Windows, pensem comigo, se de uma hora pra outra
    seus programas parassem de funcionar, o que te impediria de usar outro
    sistema? Só sobraria duas alternativas, continuava com o sistema
    anterior ou mudava de sistema (linux, MacOS), nas duas a MS perderia
    MUITO dinheiro.
    Esclarecida essa parte, voltemos pros Lumias,
    poderia, sim poderia ser dificil portar o W9 (o seja lá o nome que for)
    pros aparelhos com menos de 1Gb de Ram, afinal se vc reparar no seu
    Windows do PC há muitos aplicativos e serviços redundantes e/ou sem uso
    rodando em segundo plano (que sozinhos costumam ocupar até mais de 1Gb) e
    é ai que pode estar o tal “reescrito do zero”, provavelmente a MS
    esteja otimizando ao maximo o sistema para rodar em dispositivos com
    pouca memoria, afinal não usaria apenas em smarts mas em tablets de 7″
    ou 8″ que tambem não costumam ter muita memoria, claro que nada disso
    garante update, mas como é pra 2015, até lá aparelhos com 512mb serão bem raros.

    • Carlos Augusto

      Eu acho que o que estão fazendo é unificar ainda mais o sistema, a parte mais difícil que era o Kernel já esta em todas as plataformas da Microsoft agora o que precisam é melhorar o Windows RT e deixar com mais componentes do Windows Phone, maior compatibilidade entre os aplicativos e tudo mais. Não acredito que os sistemas vão ser totalmente compatíveis vendo o nível em que se encontra o Windows e Windows Phone 8 …
      Mas mesmo assim 2 anos de atualizações é bastante tempo foi o tempo em que o Windows Phone 7 teve atualizações até o 7.8.

  • Italo Solon

    “O “novo” sistema estaria sendo produzido do zero, assim como foi com o Windows Phone 8 e estaria pronto para ser lançado apenas em 2015” Ou seja os atuais WP não serão atualizados para a próxima versão, seja por mudança de Kernel ou por limitação de Hardware ou por qualquer outra coisa que eles irão inventar na hora pra não atualizar. Pelo menos pretendo comprar um Lumia 720 que é um bom aparelho e não é caro. Caso tenha que comprar outro daqui a algum tempo, o “rombo” não foi tão grande assim.

  • Alexandre Dias Simões

    Eu acredito muito nisso, muita gente anda reclamando a falta de grandes lançamentos para Windows Phone etc.. e essa demora está relacionado a essa unificação das plataformas. Os caras deve ter uma carta na manga, isso seria mágico, e não será um SO para celulares adaptado para computadores e sim o SO de computadores adaptado para celulares o que dá muito mais bala na agulha.

  • Frank Vinnicyus

    Não sei se é possível, mas creio que sim: Acho que era melhor ir “evoluindo” o Windows Phone até ele se transformar no próprio RT, já que o Kernel é o mesmo, ao invés de criar um outro. Mais fácil para a MS do que fazer um sistema do zero (de novo) e melhor para os consumidores, que não correm o risco de passar pelo que quem comprou aparelho com WP 7.8 pouco antes do lançamento do 8 passou. Não é possível que a MS ia dar a mesma burrada de novo, ia perder totalmente a confiança dos clientes.

  • Fábio Moser

    Não vejo problemas, quanto a não atualização para a geração atual. Quem comprou um Lumia esse ano, em 2015 estará com um telefone mais antigo e certamente pensando em trocar por um novo. Convenhamos, pessoal, ninguém fica anos e anos com o mesmo celular.

    Eu não espero que venha a atualização para o novo sistema, para o 920 e nem mesmo para o 1020.

    Só acho que os modelos lançados no ano que vem, poderão ser prejudicados com isso. E isso é uma questão séria e difícil que a Nokia e a Microsoft terão que resolver.

    Mas eu estou tranquilo, comprei meu 920 no lançamento aqui no Brasil e até 2015 certamente vou querer trocar por um sucessor.

    • Carlos Augusto

      Mesmo o sistema sendo novo pode muito bem ter mais uma versão para os atuais dual core o que acho muito difícil porque são 2 anos de atualizações.
      Acho que se o Windows Phone 7 tivesse começado a vender aqui no Brasil em 2010 quando foi lançado, não teria tanta reclamaçãopor falta de atualização para a versão nova.

      E claro o Windows Phone 8 já tem o Kernel do Windows 8.

  • José Marcelo

    Bom…. irei continuar com o meu Samsung Omnia W por mais dois anos pelo visto. Já que a Microsoft tem esse mal de não atualizar o OS depois de um determinado tempo.Guardo um dinheiro para poder compra um WP9, pois o WP8 já está com os dias contados.

    • Robson

      Isso compra um Windows Phone 9 pra recomeçar a briga dos aplicativos, pois se o sistema será novo, os aplicativos terão de ser reescritos e não creio que desenvolvedores tenham tanto saco assim. Aí você vai e compra um com Windows Phone 10 depois, tá?

      • José Marcelo

        Como os aplicativos do WP7.8 funcionam no WP8 bem provável que WP8 funcione no WP 9, mesmo sendo um sistema novo. Se não for assim a Microsoft irá se queimar mais um pouco e perderá alguns bilhões, o que pra mim não faz a menor diferença. Se o sistema não engrenar de vez e sumir, eu vou de android ou ios. Afinal quem já viveu com o windows dando tela azul e travando, pode conviver com os males do android.

  • Provavelmente é isso mesmo.
    O problema de começar do zero é que os windows phone lovers sao obrigados a comprar aparelhos novos, já que provavelmente o SO anterior não permite a atualizaçao, como foi o caso do WP 7.8 com relação ao WP 8.
    Comprei um Lumia 800 duas semanas antes do lançamento do WP8 e até hoje tenho remorço .. . kkkk

  • Magnus Cavalcante

    Isso seria ótimo, principalmente para pessoas que precisam do smartphone como ferramenta de otimização do trabalho, como eu. Vejo inúmeras possibilidades.

  • Ricardo Goulart

    Muito interessante!

  • Fábio Moser

    Já responde uma coisa: os atuais aparelhos não receberão update para o “novo” sistema.