Samsung e Microsoft podem entrar em um acordo que pode mudar todo o mercado mobile

62

De acordo com informações apurados pelo jornal KoreaTimes, a Samsung e a Microsoft podem fazer uma negociação histórica que pode mudar o rumo do mercado mobile.

samsung-microsoft-2011-07-06

Hoje a Samsung é disparada a líder mundial quando o assunto é a venda de celulares em todo o mundo. Anos atrás foi a coreana quem tirou a coroa da cabeça da Nokia e a manteve na sua desde então. O problema é que a Microsoft lucra e muito com a vendagem dos smartphones da Samsung devido as enormes taxas advindas de royalties do Android que vão para a gigante de Redmond. Só para se ter uma ideia, em 2014 a Samsung pagou em royalties a Microsoft algo na faixa dos 910 milhões de dólares. A negociação entre as duas empresas passa por esses royalties.

A ideia da Microsoft é que a Samsung passe a fabricar mais aparelhos e a dar mais atenção ao Windows Phone. Em troca a Microsoft iria “aliviar” a carga dos royalties pagos pela Samsung. O acordo teria que envolver algum acordo de licenciamento, por exemplo.

Um fator que pode deixar a Samsung tentada a aceitar a proposta da Microsoft é a sua quase que completa dependência do Android da Google. Na prática isso não é bom para a empresa, que tem um software próprio, mas que não deslanchou como eles queriam. Este software próprio é o Tizen, que deve equipar até mesmo TVs em 2015. O negócio ainda tem outra vantagem para a Samsung, tendo em vista que o Windows Phone tem uma licença gratuita para aparelhos com telas menores que 9 polegadas.

SAmsung-ativ-s-neo-windows-phone-8-4g

Caso a Samsung passe mesmo a investir mais no Windows Phone em troca de qualquer fator financeiro envolvendo o Android, poderíamos imaginar um cenário onde a distribuição do markeshare mundial de S.O. para plataformas móveis fosse mais bem distribuído, com o crescimento não só do Windows Phone, como também do Tizen. Hoje a discrepância é enorme, já que em algumas regiões o Android domina mais de 85% do mercado, como na China, e isso não é bom para o consumidor final. Por consequência teríamos mais desenvolvedores pensando com mais carinho em outras plataformas, além do Android e iOS. No final, os maiores beneficiados seriam os usuários.

Será que a Microsoft estaria fazendo um bom negócio? E a Samsung?

Fontes: KoreaTimes via: WMPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Ou estou virando um comentarista mediano de portal de notícias e twiteiro, ou está faltando alguma coisa nesse texto…

    Li duas vezes a matéria e não entendi por que o Tizen seria beneficiado desse acordo.

  • Rafael Cabus Gantois

    1º Lugar: Não acredito que, caso seja verdadeira, a Samsung aceite a proposta. Ela tem um trabalhão modificando cada vez mais o Android dos aparelhos dela pra ficar cada vez mais parecido com o TIzen e aos pouco fazer a migração “sem que o consumidor final perceba” para pegar o Windows Phone, que é bastante fechado e muito diferente em relação a interface. Acho que ela tá pensando certo e a longo prazo, introduzindo o Tizen aos poucos (porém a execução é uma porcaria, pra mim é a pior interface de todas).

    2º Lugar: Se fosse pra EU comprar um Windows Phone que não fosse Nokia/Microsoft, que fosse Sony (pra mim a melhor fabricante, tenho um ZQ e vou pegar um Z3). Mas acho que isso não será possível pois imagino que a Microsoft esteja pensando em um recurso semelhante ao da linha Xperia que roda remotamente o Play4 para os WP rodarem X1, o que a Sony não ficaria feliz em permitir nos aparelhos dela.

  • Firmo

    É mais fácil um elefante passar pelo buraco de uma agulha do que acontecer esse negocio…

  • bem que poderiam ter ido atrás da Xiaomi…..

  • Anderson Andrade

    resumindo… Samsung além de fabricar lixos no Android, irá fabricar o mesmo no Windows Phone. acho q de médio a longo prazo, se a politica da Samsung for a mesma, irá decair. Pois enfim algumas pessoas, que não são tão ligados a Smartphones como nós, estão começando a perceber o que é ter um Samsung nas mãos, vejo muita gente reclamar dos Glaxys da vida…

  • whattafuck

    Mudar todo o mercado Mobile é um titulo um tanto quanto tendencioso, não acha? A Samsung só está cansada de pagar a licença das patentes e vem com essa conversa fiada sobre a possibilidade de lançar 1 aparelho com win10. Basta analisar o histórico da empresa perante a Microsoft para se ter uma breve idéia, agora dizer que seria algo para revolucionar o mercado de celulares é muito TV Fama way of life.

  • Mark Wellington

    Não vejo muitas pessoas reclamando do Ativ S a maioria elogia apesar além da falta de suporte. Uma fabricante assim com WP alavancaria e muito as vendas e seria interessante ver a reação das pessoas se isso acontecesse.

  • Eu não acho que faça muito sentido comprar WP com qualquer outra marca que não seja Nokia-Microsoft. Com um Nokia, você tem a Microsoft por trás, te dando apoio ao hardware. Já com a Samsung, na primeira oportunidade que ela tiver, não vai atualizar seu Smartphone não!

  • André Gualberto

    Acredito que nesse caso seria uma negociação bem interessante,uma vez que a Samsung detém a maior parte de usuários ativos com android. Não acredito que faltaria suporte aos aparelhos por não tratar-se de uma simples negociação, mas sim um negócio milionário o que envolve certas responsabilidades das partes. Enfim, desde que não faltem os meus Lumias no mercado, boa sorte às duas empresas nessa negociação!