Satya Nadella admitiu que a Microsoft perdeu no mercado mobile e é o fim? Errado!

0

Hoje temos mais alguns sites anunciando a mais nova “morte” do Windows Mobile/Windows Phone, agora com base em uma entrevista do CEO da companhia, Satya Nadella, concedida no jantar de abertura do WSJD Live conference promovida pelo Wall Street Street Journal’s.

A nova “morte” do sistema foi baseada/retirada da seguinte frase

Frase Original: “We clearly missed the mobile boom” disse ele.

Traduzido: “Nós claramente perdemos o BOOM Mobile”.

No contexto da entrevista, e do que eles estavam conversando, que era justamente sobre a baixa penetração dos smartphones com Windows Phone/Windows Mobile no mercado mobile e do futuro dessa versão do sistema, o “mobile” comentado por ele são os smartphones.

Ele realmente admitiu que a empresa demorou demais para ingressar com força nesse segmento e perdeu o “BOOM” dos smartphones. Para quem não lembra, esse BOOM aconteceu em meados de 2007 – 2009, intervalo de tempo em que surgiu o primeiro iPhone e o iOS da Apple, e também o Android da Google e suas lojas de APPs e Jogos. Só para se ter uma ideia, o Windows Phone 7 só viu a luz do dia no final de 2010, isto é, anos depois do lançamento do primeiro iPhone. Quem sabe se a Microsoft tivesse anunciado o Windows Phone 7 ao menos no começo de 2009 hoje as coisas seriam bem diferentes…

Ainda sobre isso, ele disse:

Frase original: “If anything, the lesson learned for us, was thinking of PC as the hub for all things for all time to come. It was perhaps one for the bigger mistakes we made.”

Tradução: “Se tem uma lição que aprendemos com tudo isso, é que estávamos pensando que o PC seria o centro de todas as coisas para todos os tempos vindouros. Talvez esse foi um dos maiores erros que já cometemos.”

Dando continuidade a entrevista, e quase que ao mesmo tempo que ele falou a primeira frase destaca acima, ele também disse:

Frase original: “Now we have to make sure we grow new categories.”

Tradução: “Agora nosso objetivo é ter a certeza de que cresceremos em novas categorias.”

Ele falou isso sobre várias coisas (PC, Tablets, Smartphones, IoT, AR, VR, etc), porém, muito mais especificamente falando sobre o HoloLens e computadores de realidade mista. Sobre isso ele disse:

Frase Original: “The ultimate computer for me is the mixed reality world. You see the world and in the world you see virtual objects and holograms.”

Tradução: “Para mim, o computador definitivo é o que dá acesso ao mundo da realidade mista. O seu campo de visão torna-se um display infinito. Você vê um mundo, e esse mundo que você vê é cheio de objetos virtuais e hologramas”

Satya Nadella em entrevista ao Wall Street Journal

Satya Nadella em entrevista ao Wall Street Journal. Fonte da imagem: engadget

Voltando um pouco quanto a questão dos smartphones, ele ainda disse algo que põe um fim aos textos mal escritos de alguns site. Essa afirmação a seguir é justamente a junção de tudo que ele falou:

Frase Original: “We have devices which are phones today but the place where we are focused on, given where the market is, is what is the unique thing that our phone can do. We have a phone that in fact can replace your PC, the same way we have a tablet that can replace your laptop. Those are the categories that we want to go create.”

Tradução: “Hoje temos dispositivos que são telefones, mas o lugar onde estamos focados, tendo em vista como o mercado está hoje,  é na característica única que nossos telefones tem. Nós temos um telefone que, de fato, pode substituir o seu PC, da mesma forma que temos um tablet que pode substituir seu laptop (falando sobre o Surface Pro). Esses são exemplos de categorias que queremos e iremos criar”.

Satya Nadella deixou bem claro que a ideia da empresa não é lançar um telefone como os que existem hoje no mercado, tendo em vista que o mesmo já está saturado e poucas são as novidades que foram lançadas desde 2014/2015/2016. A ideia é focar em telefones com Continuumm, que é uma característica única dos telefone com Windows 10, e isso já tinha sido dito tempos atrás, então, não há nenhuma novidade aqui.

Continuum

Sendo assim, fica mais do que claro que NÃO é o fim do Windows 10 Mobile. A questão é que a MS não vai lançar um telefone para competir com o iPhone ou com os trilhões de modelos com Android disponível nas lojas. Eles querem criar uma nova categoria de smartphones, e possivelmente o Surface Phone será o responsável por abri-la, da mesma forma como o Surface Pro e o Surface Studio criaram as suas próprias categorias. Sem dúvida o nome Surface Phone será comentado nos 4 cantos do mundo em algum momento de 2017, da mesma forma como o Surface Studio está sendo nesse momento.

Fontes: olhar digital, engadget, MSPoweruser e mashable

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem