Satya Nadella foi sabatinado pelos acionistas sobre o Windows Phone

0

nadella-meeting

“Por favor, silencie todos os Windows Phones e outros dispositivos,” foi o anúncio antes do início da reunião anual de acionistas da Microsoft esta manhã, em Washington. Pode até parecer estranho, num primeiro momento, ouvir esse aviso direcionado aos usuários do Windows Phone, porém, muitos acionistas mostraram sua dedicação à empresa ao optar por smartphones com Windows. E alguns deles fizeram perguntas contundentes ao CEO da Microsoft, Satya Nadella, com questões relacionadas com suporte do Windows Phone e a estratégia móvel da empresa.

Após a aquisição malfadada da Nokia por USD $ 7 bilhões, definitivamente encerrada, a Microsoft reduziu o investimento em novos hardwares e marketing em smartphones, com novos planos de investir em suas parceiras, as OEMs, que são as fabricantes de aparelhos, como a HP, Alcatel, entre outras, e lançar um hardware modelo, ou, o dispositivo móvel definitivo, como disse Satya Nadella, assim como, a empresa fez com a linha Surface, que é um sucesso e copiada pelas OEMs.

A Microsoft também faz aplicativos exclusivos para Android e iOS, como o Microsoft Pix e o Arrow Launcher , e essa estratégia preocupa os usuários de telefones Windows.

dana-vance-acionista-microsoft

Dana Vance, acionista da Microsoft, com seu Windows Phone na mão

Dana Vance, acionista da Microsoft e proprietário de um Windows Phone e uma Microsoft Band, disse que recebeu um e-mail sobre o app Microsoft Pix, mas ficou surpreso ao saber que o aplicativo estava disponível para iPhone e Android, mas não para o Windows Phone. A mesma coisa com o Microsoft Outlook. Ele também não entendeu as informações de que a Microsoft colocou a Band em segundo plano. Diante disso, ele pediu à Nadella  explicações sobre a visão da empresa para seus dispositivos de consumo.

Como parte da resposta, Satya Nadella disse que a câmera do Windows da Microsoft e aplicativos de e-mail, incluirá as mesmas características dos apps da Microsoft para outras plataformas.

“Quando nós controlamos as coisas acima do silício, é como nós vamos integrar essas experiências”, disse Nadella. A empresa irá “construir dispositivos que são únicos e diferenciadas com nossa capacidade de software em cima dele, seja um Surface, Surface Studio, HoloLens ou um telefone — e também disponibilizar nossos softwares e aplicativos no Android, iOS e em outras plataformas. Isso é o que eu penso que seja necessário em ordem para a Microsoft ajudá-lo como um usuário, a tirar o máximo proveito de nossa inovação.”

Aqui, Nadella deixa bem claro a visão da Microsoft e o projeto One Core em torno do Windows 10. A Microsoft quer que o Windows esteja em todo lugar… no seu PC, Notebook, Tablet, Smartphone, HoloLens, Xbox, Smart TVs e, por fim, em dispositivos da internet das coisas (IoT).

Quando ele diz: “Quando nós controlamos as coisas acima do silício, é como nós vamos integrar essas experiências” claramente esse controle sobre o hardware, é o Windows; e os softwares e serviços, que é, em essência, a grande força da Microsoft ao longo dos tempos. E tem mais, “construir dispositivos que são únicos e diferenciadas com nossa capacidade de software em cima dele, seja um Surface, Surface Studio, HoloLens ou um telefone” ou seja, Satya Nadella reforçou novamente que o “Surface Phone” ou qualquer outro dispositivos criado pela Microsoft, será um dispositivo único e diferenciado, por causa da capacidade da Microsoft em fazer software, ou seja, ele está falando do Continuum, especificamente no mobile, que é uma função exclusiva do Windows 10 e não existe em outra plataforma.

nadella-meeting-2

Satya Nadella, CEO da Microsoft, ouvindo uma pergunta de um acionista

Outro acionista, disse a Satya Nadella, que ele usa o seu Windows Phone “18 horas por dia”, e que já ouviu falar que a Microsoft “está abandonando o mobile”. Ele perguntou: “Pode me acalmar… e me dizer qual é a sua visão para o mobile?

Nadella respondeu:

“Nós pensamos sobre mobilidade em geral. Em outras palavras, nós pensamos sobre a mobilidade do ser humano em todos os dispositivos, não só a mobilidade de um único dispositivo.”

“Dito isto, nós não estamos recuando ou afastando o foco dos nossos dispositivos móveis”, disse Satya Nadella. “O que vamos fazer é concentrar esse esforço em lugares onde temos diferenciação. Se você pegar o Windows Phone e onde nós somos diferenciados no Windows Phone, é na capacidade de gerenciamento, segurança, Continuum, ou seja, a possibilidade de ter um telefone que pode atuar como um PC. Então, nos vamos dobrar esses pontos de diferenciação.”

Ele citou o HP Elite x3 como exemplo de um telefone Windows 10 que segue esta estratégia.

“Vamos continuar observando as diferentes formas e funções diferentes que trazemos para os dispositivos móveis, também apoiando nossos softwares através de uma variedade de dispositivos ao mesmo tempo”, reforçou Nadella. “Então é esta abordagem que você irá perceber. Nós não vamos deixar de apoiar nossos usuários do Windows Phone, mas ao mesmo tempo reconhecemos que existem outras plataformas com um share mais elevado no mobile, e queremos ter a certeza de que os nossos softwares estão disponível para eles.”

Acima, Nadella repete o mantra: O Windows 10 Mobile não morreu!

Mas, a mídia e blogs à procura de cliques e alguns usuários mal intencionados, adoram falar e instaurar o terrorismo todos os dias, os famosos haters, e até o acionista ficou preocupado, é claro, afinal ele é um usuário hard do Windows Phone assim como a maioria de nós, e é bombardeado com notícias infundadas e decretando a morte do Windows Phone todos os dias. Sendo assim, Satya Nadella tratou de, mais uma vez, reforçar o compromisso com o mobile e quem sabe assim, com outra declaração do CEO da Microsoft, esse assunto esteja encerrado.

Mobile não é apenas um único dispositivo, e a Microsoft não quer ser refém de um dispositivo, como a Apple é do iPhone (não que isso seja ruim), ela quer que o seu sistema seja a base de todo e qualquer dispositivo mobile, ou seja, o Windows 10 presente em todas as telas!

Satya Nadella reforçou o compromisso com o Windows 10 Mobile, Continuum e vai dobrar os esforços e pontos de diferenciação do Windows Phone.

O que podemos tirar de tudo o que foi dito hoje na reunião de acionistas da Microsoft?

A empresa está comprometida com o Windows 10 Mobile, dispositivos e com os usuários do Windows Phone e de todas as outras plataformas, ou seja, a Microsoft, não tem o “soft” no nome à toa, ela é uma empresa de software, e é natural que ela queira estar em todos os lugares.

O projeto One Core é o grande objetivo da Microsoft, nele está toda a estratégia da empresa, e o Windows 10 Mobile faz parte desse projeto, como você pode ver na imagem abaixo:

One Windows Platform One Core

Então, se você gosta do Windows 10 Mobile, e o sistema atende às suas necessidades, fique tranquilo, a Microsoft é uma empresa gigantesca, com milhares de profissionais apaixonados e comprometidos com os usuários. Aproveite as promoções, troque o seu Lumia antigo por um novo, mesmo que tenha que importar, e seja feliz. E por fim, de qualquer maneira uma afinetada de um acionista no CEO da empresa sem dúvida deu uma “moral” para essa versão do sistema.

Fonte: GeekWire

Share.

About Author