Quarta-Feira, 20 de Marco de 2019
Home Notícias

Satya Nadella mandou o recado: A Microsoft possui experiência interna em silício

06/03/2018 302 0
Satya Nadella mandou o recado: A Microsoft possui experiência interna em silício

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, na semana passada, durante a conferência Tech, Media e Telecomunicações da Morgan Stanley em São Francisco, escolheu abordar uma área na qual ele geralmente não fala: silício.

Nadella escolheu destacar o trabalho da Microsoft em silício em resposta a uma pergunta sobre por que a cultura da empresa é tão importante para a inovação. 

“Neste ponto, está claro como o dia, se você está fazendo coisas na borda ou fazendo coisas na nuvem, você precisa ter capacidade de silício”, disse ele.

A Microsoft falou sobre o seu trabalho com chip no passado, principalmente envolvendo sua equipe do Xbox. Mas, também projetou seus próprios processadores programáveis para AI – os FPGAs para complementar os chips de servidor padrão da Intel em um momento anterior a Intel abraçar essa filosofia de design. E rumores persistentes surgiram ao longo dos anos que a empresa considerou projetar seus próprios processadores de servidor em torno da arquitetura ARM, rumores que também foram vinculados aos Serviços de Web da Amazon e ao Google. No início deste mês, o Google lançou seu processador CloudTPU AI em fase beta .

Edge computing – ou computação de borda é algo constante nos discursos de Nadella durante o último ano – pode exigir diferentes tipos de projetos de chips à medida que ele evolui. A computação de borda envolve a transferência de mais carga de trabalho de processamento para dispositivos conectados longe dos centros de dados da nuvem central e esses dispositivos têm necessidades de confiabilidade e consumo de energia muito diferente do que os chips encontrados em milhares de racks de servidores de centro de dados.

“Se eu olhar para a sofisticação com a qual a estrutura da margem do negócio da nuvem vai mudar, será em torno de quão inteligente você está com silício”, disse Nadella.

Com isso em mente, ele disse que trabalhou para instalar uma cultura que acolhe alguns dos melhores designers de chips do mundo, e que apenas cinco anos atrás provavelmente teria levantado uma sobrancelha para a noção de trabalhar para uma das empresas de software pioneiras da indústria de tecnologia.

E, ao invés de separar equipes do Xbox ou de chip em nuvem, “temos uma capacidade e pessoas capazes de gravar um novo silício, o que pode nos ajudar na nossa inovação”, disse Nadella. O estágio ” tape out ” do processo de design de chips é o último passo antes que esses projetos sejam enviados para a fabricação e, com base nos comentários de Satya Nadella, poderemos ver mais chips personalizados sendo revelados pela Microsoft nos próximos meses.

O recado está dado.

Fonte: GeekWire

Compartilhe:

Comentários: