Tecnologia da Microsoft permitirá o carregamento de celulares por luz

8

Se você acha super demais o sistema de carregamento sem fio do tipo Qi que seu Lumia tem, vai achar a nova forma que a Microsoft está desenvolvendo para isso algo que saiu de um filme de ficção científica.

A nova tecnologia que a Microsoft Research está criando chama-se AutoCharge, e promete recarregar a bateria do seu smartphone com luz. A irradiação será feita diretamente sobre seu smartphone e o carregará sem a necessidade de qualquer conexão com fio.

autocharge microsoft research 1 Não são simples raios de luz que farão a bateria do seu aparelho carregar. Não pense que é só colocar o aparelho debaixo da luz do seu abajur e pronto. O dispositivo emissor desses raios de luz especial é chamada de lanterna UltraFire CREE XM-L T6.

O dispositivo que abriga o UltraFire ainda contará com alguns mimos, como:

  • Conexão Bluetooth para se conectar ao aparelho
  • Uma câmera semelhante a do Kinect que detectará a presença do smartphone
  • Motores rotativos que, com o auxílio da câmera do item anterior, posicionará o feixe de luz da melhor maneira possível

autocharge microsoft research 2

Seus desenvolvedores dizem que o sistema é muito seguro, e que não afetará outros dispositivos ao redor, muito menos pessoas. Como todo projeto da Microsoft Research o AutoCharge por enquanto só existe na mesa de seus idealizadores, mas, quem sabe, um dia ele passe a estar em cima da sua mesa, em sua casa ou escritório.

Fontes: Microsoft Research

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Leonardo Muniz

    Essa “luz especial” é simplesmente uma lanterna de LED, e bem batatinha por sinal.. Uso uma dessas no trabalho todos os dias…. Só reparar na foto que a parte da lanterna que abriga o LED tá lá….

    • Murilo Morais

      Realmente é essa mesma, não tinha reparado nisso!!!!!

    • Victor Mascena

      só há uma explicação

  • Galdêncio Galdério

    Isso está meio que me parecendo aquelas “fitas” de dados do filme “I, Robot”, com o Will Smith… Só que lá as fitas serviam para transferência de dados e projeção holográfica, não para carregamento de gadgets…

  • Galdêncio Galdério

    Claro que o carregamento não seria tao simples, apenas deixar o aparelho sobre uma lâmpada e pronto. Se fosse, como que a MSFT ia ganhar dindim?
    Entao, o melhor mesmo é complicar um processo simples (por exemplo, desenvolver o carregamento apenas numa faixa de onda de luz especifica, tipo, o infravermelho), dai sim dá pra vender a tecnologia…

  • Daqui a alguns anos eles lançam o carregamento por energia solar.

    • Galdêncio Galdério

      infelizmente, acredito que com a tecnologia atual (e futura próxima) das células fotovoltaicas, a relação superfície X capacidade de carga ainda é um impeditivo pra isso.
      Ainda é necessária uma área muito grande de painéis para gerar energia suficiente para abastecer uma bateria devoradora de energia como a dos smartphones.

  • Gabriel Thonga

    Caramba, eu ainda uso este Samsung da at&t que está na foto servindo de cobaia kkkkkkkkkkk