Telefónica anuncia plataforma de inteligência cognitiva e a Microsoft está no meio

0

O presidente da Telefónica, José María Álvarez-Pallete, usou o palco da MWC 2017 para anunciar o AURA, que é a mais nova plataforma de inteligência cognitiva da empresa.

AURA foi criada para  estabelecer uma nova forma de relacionamento com o cliente. Entre seus primeiros passos, o sistema poderá sanar dúvidas do usuário sobre os produtos e serviços contratados por ele junto a operadora; poderá dar início e acompanhar as reclamações; poderá ligar e bloquear acesso ao WiFi de uma casa de forma remota; dar informações sobre programas da TV por assinatura; e  alertar quando o consumo de dados esteja superior ao normal, como primeiros passos.

“Nunca antes os usuários de serviços de telecomunicações puderam falar com as redes em tempo real. Estamos mudando essa relação, abrindo novas possibilidades para que nossos clientes enriqueçam sua vida digital conosco”, afirmou José María Álvarez-Pallete.

Segundo a própria empresa, AURA oferece muito mais do que as atuais assistentes virtuais, como a Siri da Apple, Google Now da Google e até quem sabe do que a Cortana da Microsoft ou ainda do que a Alexa da Amazon.

O que se sabe é que neste momento AURA está sendo construída pela Telefónica e tem como empresas parceira a Microsoft, o Facebook e o Unicef. Não podemos afirmar com certeza, mas eles podem estar usando o Bing como uma de suas fonte de dados, ou ainda o Microsoft Cognitive Services, também usado por Cortana. Veja a seguir o vídeo completo da apresentada de AURA durante a MWC 2017.

Eles também deixaram bem claro que AURA faz muito mais do que assessorar seus clientes. Na verdade ela pode transformar os dados coletados de seus clientes em conhecimento, mas isso se eles lhe derem as permissões necessárias. Ficará a cargo o usuário decidir se permitirá ou não que AURA use seus dados para outros fins. Um bom exemplo desses outros fins seria para conseguir um desconto com uma seguradora de carros, que poderia usar os dados de navegação do seu smartphone para determinar seu perfil de motorista, entre outras coisas. Então, estamos falando de dados bem pessoais mesmo…

A apresentação contou até mesmo com a ajuda de um HoloLens, o computador holográfico da Microsoft, que foi usado para demonstrar o que AURA é de verdade. O apresentador optou por fazer sua apresentação completa usando o HoloLens.

A princípio AURA estará disponível muito em breve na Inglaterra, Alemanha, Espanha e Brasil. Isso mesmo, no Brasil. Então, vamos ficar de olho em tudo, porque no Brasil, a Telefónica atua por meio da operadora Vivo, que há tempo comprou a GVT.

Fonte: telesintese

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!