Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018
Teletransporte e Holoportação estão no foco da Realidade Mista da Microsoft

A Microsoft promete um 2018 ambicioso para a realidade mista e Inteligência Artificial. Aparentemente, o teletransporte e a holoportação estão no foco da empresa. A Microsoft costuma produzir vídeos maravilhosos de conceitos, especialmente quando se trata de sua visão de futuro para a realidade aumentada / mista.

Quem se lembra deste vídeo de 2016? Veja abaixo:

Ele mostrou um mundo onde os profissionais que usavam dispositivos de realidade aumentada como o HoloLens e os headsets de realidade virtual poderiam se “teletransportar” de seus locais remotamente e trabalharem juntos, lado a lado praticamente. Este cenário seria o que melhor descreve o que a Microsoft chama de “Realidade Mista” (Mixed Reality).

Alex Kipman, que lidera o HoloLens na Microsoft e o trabalho de Realidade Mista (MR), prevê que 2018 será o ano em que esses tipos de cenários deixarão de ser um sonho e se tornarão realidade.

Em uma publicação recente, Kipman disse que a Microsoft faria avanços em três frentes em 2018:

  • MR (Realidade Mista) + AI (Inteligência Artificial);
  • AR (Realidade Aumentada) + VR (Realidade Virtual);e
  • Comunicação imersiva.

A Microsoft já anunciou que a próxima versão do HoloLens (que acredita-se deverá ser um produto revelado no final de 2018 ou começo de 2019) incluirá um co-processador de Inteligência Artificial (AI) para melhorar sua capacidade de processar tarefas intensivas em dados localmente. E os funcionários da Microsoft continuam a conversar sobre o núcleo compartilhado do Windows 10 no HoloLens e em dispositivos de realidade mista, permitindo a implementação de cenários de comunicação entre dispositivos.

Durante a Windows Developer Day que aconteceu na última quarta-feira (7), A Microsoft revelou a Windows AI Platform, sua plataforma de Inteligência Artificial para o Windows 10. Essa plataforma permitirá que os desenvolvedores criem aplicativos inteligentes na plataforma do Windows 10 com muito mais facilidade. Dentre as novidades, destaque para a possibilidade de que os futuros dispositivos com Windows 10 tenham um chip dedicado de Inteligência Artificial.

Kevin Gallo, vice-presidente corporativo da Plataforma de Desenvolvedores do Windows na Microsoft revelou também que a empresa está trabalhando em estreita colaboração com a Intel para permitir que os desenvolvedores de todo o mundo criem experiências atraentes e mágicas com a Inteligência Artificial usando o Windows ML (Machine Learning) e a VPU da Intel Movidius. Não podemos esquecer da Qualcomm e seu processador móvel Snapdragon 845 que também é uma plataforma de Inteligência Artificial com o Hexagon 685 DSP ou seja, futuros dispositivos Windows 10 terão chips de Inteligência Artificial embutido.

A parte mais interessante é a forma como a Microsoft entrega os hologramas/teletransporte em seus cenários AR / MR. Você pode se lembrar que a Microsoft Research realizou investimentos substanciais na holoportação, mostrando várias evidências de conceitos neste espaço.

Mas, em meados de 2016, a maior parte dos pesquisadores que trabalhavam na holoportação da Microsoft deixaram a empresa para formar uma startup sigilosa chamada PerceptiveIO. Recentemente, o site PerceptiveIO e as contas do Twitter foram desativadas sem explicação. Alguns membros da equipe PerceptiveIO agora estão trabalhando no Google, conforme observado por “The Walking Cat” no Twitter.

Um vídeo mostrando o trabalho de rastreamento manual da PerceptiveIO foi publicado no YouTube no final de janeiro deste ano, conforme observado pela Next Reality News. As pessoas que trabalham para a startup ainda se listam como parte da PerceptiveIO em seus perfis do LinkedIn.

Em novembro de 2016, a Microsoft publicou um vídeo de um trabalho de “holoportação móvel” no qual seus pesquisadores restantes estavam envolvidos, o que envolveu “holoportar alguém” andando em um carro para outro cenário enquanto o carro estava em movimento. Algo ainda rudimentar e ainda em fase de testes, mas, com grande potencial; veja abaixo:

No ano passado, a Microsoft comprou a AltSpaceVR,um fornecedor de “realidade virtual social”. Essa aquisição parece ser a pedra angular do componente de “comunicações imersivas” da estratégia de Realidade Mista (MR) da Microsoft à qual Kipman se refere em sua postagem no blog.

O que a AltSpaceVR faz é semelhante, de certa forma, aos recursos de holoportação que a Microsoft apresentou nos últimos anos, então, talvez, esta seja a nova maneira pela qual a Microsoft pretende alcançar esse objetivo final (ao qual aparentemente agora se refere como “teletransporte”.)

Microsoft possui alguns exemplos mais concretos de teletransporte/holoportação  utilizando o Hololens, confira abaixo

A Microsoft criou para os visitantes do Kennin-ji de Quioto , o templo Zen mais antigo do Japão. Em parceria com o Museu Nacional de Kyoto, o “MR Museum em Kyoto” que aplica uma experiência de realidade mista à obra de arte bonita e sagrada de Kennin-ji de Tawaraya Sotatsu, pintada há mais de 400 anos. “MR Museum in Kyoto” fornece uma visão única de obras de arte japonesas seculares.

Dançando com hologramas apresenta a primeira performance de dança de realidade mista usando o Microsoft HoloLens.

Cornish College of the Arts passou dois anos no início do desenvolvimento da HoloLens, dizendo: “Imagine quando você vai para a primeira galeria de arte holográfica. Haverá vinho e queijo, talvez alguma música leve, mas não arte. Você entra e vê paredes vazias, estandes vazios. Mas então, você coloca o HoloLens e a galeria está cheia de arte rica”.

Recentemente um documento da Microsoft Research que abrange um projeto que adiciona haptics bimanuais a uma experiência de realidade virtual também mostra novos cenários de uso:

A Microsoft Research publicou um novo artigo sobre um novo controlador VR que eles desenvolveram, que combina múltiplas modalidades sensoriais para tornar a sensação de trabalhar em VR mais real.

Será interessante ver qual empresa vai entregar primeiro este produto e conseguir comercializar o conceito de holoportação / teletransporte para os consumidores no mundo todo.

Fique ligado!

Fonte: ZDNET 

Compartilhe