Tim Cook acredita que o Surface Book não é lá essas coisas

0

iPad vs Surface

É raro ver algum CEO que seja realmente sincero quando o assunto é comparar produtos da sua empresa com a concorrência, sendo que até o Nadella dá suas escorregadas as vezes. Hoje o Tim Cook, CEO da Apple, fez uma dessas escorregadas feias ao falar do Surface Book:

Ele está tentando ser um tablet e um notebook e é muito bem sucedido em ser nenhum dos dois. É um bocado diluído.

Isso lembra muito um comentario que o próprio Cook fez logo após a onda de lançamentos dos primeiros conversíveis entre tablete e PC, com o Surface como primeiro representante de peso: “Você pode juntar uma torradeira e um frigorífico, mas essas coisas provavelmente não vão ser agradáveis para o usuário“.
Essa foi a bem humorada resposta do Terry Meyrson logo após o lançamento do Surface Book, poucas semanas depois do lançamento do Ipad Pro, aquele com tela maior, caneta stylus que ninguém queria e teclado removível.

O mais legal desta historia é que o Cook acredita fielmente que o iPad Pro pode substituir um notebook mesmo rodando iOS. Segundo a Apple a junção de caneta mais teclado é perfeita em um iPad, mas na concorrência isto ainda esta meio “diluído” de mais, uma vez que a Apple inventou a mistura perfeita e novamente revolucionou o mercado.

Olha eu até acredito que o Ipad Pro possa ser realmente muito útil para profissionais de marketing, desenho e designers, fora o ‘glamour’ que acrescenta ao trabalho destes profissionais. Entretanto dizer que o iPad esta em pé de igualdade com qualquer notebook é sacanagem de mais. Na verdade é até um tiro no pé, afinal a Apple também faz notebooks.
E pra completar a piada do dia saiu os preços do iPad Pro no Brasil:
  • iPad Pro de 32 GB com WiFi: R$ 7.299
  • iPad Pro de 128 GB com WiFi: R$ 8.599
  • iPad Pro de 128 GB com WiFi+4G: R$ 9.699
Acho que ainda não é hora de aposentar o notebook para pegar um iPad né?
Share.

About Author

Pai em tempo integral da menina mais linda do mundo. Tira umas 8 horinhas por dia se aventurando como engenheiro para ganhar o leite das crianças.

No tempo vago é amante de tecnologia e inovação. As vezes se distrai com desenvolvimento de hardware, software e automação. É fã do Windows 10 e insider de carteirinha.