Tinder conseguiu de novo e 6tin sai da Windows Phone Store temporariamente

22

O pessoal do Tinder parece não ter gostado nem um pouco do Rudy Huyn ter publicado na Windows Phone Store mais um cliente Tinder para o WP, agora chamado de 6tin, e solicitou a retirada do aplicativo da loja mais uma vez.

Dizemos mais uma vez porque meses atrás o Tinder embargou o sucesso do primeiro cliente Tinder para o Windows Phone, o 6tindr, que também é do Rudy Huyn. Na ocasião eles até convidaram o Rudy para participar do desenvolvimento do app oficial a rede social para o Windows Phone, porém, como o bonde não andava, Rudy pulou fora dele e relançou o seu app mudando apenas o seu nome de 6tindr para 6tin.

6tin cliente tinder fora do ar temporariamente windows phone

O problema é que o Rudy usou o nome “Tinder” em algumas partes do aplicativo e isso deu espaço para os donos da marca caírem em cima dele e conseguirem retirar o app da loja mais uma vez. Não pensem que o Rudy desistiu, ele prometeu que vai dar uma “limpada” no app e o trará de volta a loja em breve, e já conhecemos o “em breve” dele, que é breve mesmo. Hoje, ao acessar a página do app, a mensagem “este aplicativo não está sendo mais distribuído” será exibida. Veja aqui.

Aqui vai um recado para o Tinder… sejam descentes e façam o que prometem… lancem o aplicativo oficial para a plataforma em vez de perder tempo correndo atrás de quem está fazendo um trabalho que deveria ser de vocês.

Fontes: WPCentral

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: O cliente Tinder 6tin foi retirado da loja mais uma vez()

  • Andriw

    Eita novelinha sem graça essa….

  • BorisG

    Curiosa mesmo é essa perseguição toda ao 6tin sendo que o Timber existe há um bom tempo, funciona direito, tem apenas versão paga, usa a palavra “Tinder” na descrição e mesmo assim continua no ar. Parece que o problema deles é mais com o Rudy.

  • Guilherme Torrentes

    JA VOLTOU !!!

  • Fábio Moser

    Estou de volta. Mas se as hostilidades se repetirem deixarei de comentar aqui de vez.

    Eu compreendo perfeitamente a frustração de muitos de nós usuários do Windows Phone sobre a “falta” de alguns aplicativos ou a atenção de determinados desenvolvedores.

    Mas observando “silêncio” da Microsoft, e com mais algumas informações que ainda passam desapercebidas pela maioria, é possível compreender a estratégia da Microsoft, que se der certo, a recolocará definitivamente a frente do Google e da Apple.

    Primeiro, a próxima geração do Windows, substituirá o Windows 8.1 Update X (2 ou 3), substituirá o Windows RT e substituirá o Windows Phone.

    Será apenas um Windows. Possivelmente não se chamara Windows 9 (embora isso ainda esteja sendo debatido dentro da Microsoft). Windows One? Talvez.

    Esta versão do Windows será idêntica em qualquer dispositivo. Seja um PC, um tablet ou um smartphone, porém com um detalhe: O Windows vai identificar em qual dispositivo esta sendo executado e partir disso, se moldará da forma mais adequada ao dispositivo. No PC, sem touch, o Windows ganhará modificações importantes em sua interface que o tornarão atrativo ao mercado corporativo e aos usuários do Windows 7 que não se sentem confortáveis com o Windows 8. Nos tablets veremos a evolução do estilo metro, e nos telefones muito mais melhorias. O Windows será tão inteligente, que se em um tablet você conectar um mouse e um teclado, automaticamente o Windows ficará pronto para o uso com estes, deixando o touch em segundo plano.

    Agora… onde está a grande jogada da Microsoft nisso!?
    Nos números e nos apps.

    Vejam:
    Será um Windows, e será um aplicativo para o PC, o celular e o tablet. Não será nem mais necessário adaptar o app, como agora é feito com os apps universais. A Microsoft trabalha desde agora, em um SDK inteligente, capaz de deixar os apps preparados e prontos para qualquer dispositivo.

    E qual é o maior impacto disso? NÚMEROS.
    O Windows como um todo, tem 1 bilhão e 200 milhões de usuários. O Android tem cerca de 800 milhões e o iOS 300 milhões. Já o Mac OS X, não chega nem a 40 milhões.

    É claro que a nova versão do Windows não atingirá essa massa de usuários do dia pra noite. Mas é através desta jogada que a Microsoft PODE FAZER com que o Windows se torne relevante no mercado e em poucos anos engolir o iOS e depois bater de frente com o Android. Se a Microsoft tiver a perspicácia necessária, poderá em aproximadamente 10 ou 15 anos, recolocar o Windows “novamente” como plataforma dominante no mercado. Escrevi novamente entre aspas, porque na área de PCs, o Windows nunca deixou de dominar.

    • Gilberto Gomes

      Voltou bem mais sensato. Bom tê-lo por aqui novamente, rapaz. Não suma, rs.

      • Fábio Moser

        Obrigado.

    • Diego Angeli

      Cara, se essa viagem ai for real, espere-a para 2020. Hoje o Windows, seja onde for, não consegue nem procurar uma música no dispositivo direito.

  • Ândresse Lagos

    E o cara já atualizou ????

  • Rafaela Esteban

    Os caras passam mais tempo monitorando quem lança um cliente do que elaborando o oficial.. tsc tsc

  • Erivelton Freitas

    “Aqui vai um recado para o Tinder… sejam descentes e façam o que prometem… lancem o aplicativo oficial para a plataforma em vez de perder tempo correndo atrás de quem está fazendo um trabalho que deveria ser de vocês.”

    UM COMENTÁRIO DIGNO DE UM VERDADEIRO WINDOWS PHONE LOVER… CARA, ME ORGULHEI DO SITE AGORA ^^

  • Rafael Martins

    Depois quando falamos de boicote e ismos entre os devs o pessoal fica com desculpinhas.

  • Filipe

    Se os apps forem pagos, até faria sentido essa implicância, mas gratuitos. Tinder sem futuro! Oo’

    • Rodrigo

      Para uma empresa ganhar dinheiro com um app hoje ele não precisa ser necessariamente pago. Olhando para as concorrentes Google e Apple um programa desenvolvido para essas plataformas e que consiga sucesso de uso as proprias empresas começam a dar dinheiro com o uso de propaganda. A Microsoft ainda não tem um plano de recompença muito bom e percebe-se que no mundo Windows Phone não é vantagem mover mão de obra de um desenvolvedor (mão de obra cara) para uma plataforma em que o retorno financeiro é baixo. Infelizmente já se estabeleceu um cultura de desenvolvimento onde o Java que é a linguagem de desenvolvimento para Android esta mais bem estabelicida, afinal, java você aprende em qualquer faculdade e o C# linguagem de desenvolvimento do Windows Phone, já não possui um número muito grande de desenvolvedores. Por isso hoje um desenvolvedor entra no seguinte dilema “Vou desenvolver para Android uma linguagem que eu ja tenho conhecimento e o seu retorno financeiro é maior ou desenvolvo para WP cuja a linguagem eu vou precisar aprender suas particularidades e torcer para que a plataforma alavanque e que eu possa ganhar uma grana em um futuro incerto?”. Um outro ponto com relação a retirada do 6tin é que Rudy Huyn desenvolve seus apps que usam API de acesso ao serviço Tinder e eles dão um certo custo para a empresa pois ela deve manter o acesso a seus servidores e isso pode não estar no scopo da infraestrutura da empresa.

      • Rodrigo Lage

        Saiu no site americano que os desenvolvedores ganham muito mais encima do Windows Phone e IOS do que com Android…. Então não entendo por que os desenvolvedores ficam com esta firula encima do Windows Phne.

        • Rodrigo

          Acho que o que esse “site americano” quer dizer é que se você desenvolve para Windows Phone que é uma plataforma nova a chance de voce obter lucro vai ser mais facil porque a concorrencia é baixa. No modelo de negocio das concorrentes se voce desenvolve uma aplicação de sucesso o seu retorno vai ser muito maior pois a quantidade de usuarios também é grande associado ao interesse de empresas querendo colocar propaganda no app o lucro vai ser mil vezes maior.

  • Diogo

    Qual o problema desses desenvolvedores com o WP? Pq essa implicância? Rudy é mesmo o cara viu..

    • HugoPan

      sinceramente, as vezes começo a acreditar nas teorias dos fanboys do WP sobre boicote… só a demanda de aplicativos NÃO OFICIAIS E PAGOS já mostra que há publico para os mesmos na plataforma, e o WP tem 60 milhões de usuarios. não tem desculpa para não lançar aplicativos oficiais. parece realmente que é implicância ou boicote. e não adianta dizer que é por causa da forma como o WP é programado, falaram o mesmo do Whatsapp e tá ai funcionando de boas, exceto o compartilhamento de musicas(porque ai já cai no assunto pirataria. não uso whatsapp então me corrijam nesse ponto se eu estiver enganado). ou seja, se quisessem dariam um jeito. e eu não entendo porque uma empresa não iria querer lucrar, mesmo que seja só mais uns trocados a mais.

      • Pois é, cara! Sem falar que, como ainda tem pouca concorrência na loja do WP, é a oportunidades desses apps famosos se instalarem antes que concorrentes surjam! Quando lança um app oficial na loja, 80% dos usuários baixam, creio eu. É boicote, pronto e acabou.

    • Wesley B. Peres

      O pessoal do WPCentral postou esse e-mail nos comentários pra todos poderem reclamar. ideas@gotinder.com

      • Rodrigo Lage

        Já mandei um e-mail falando umas verdades para eles, pois segundo especialistas o Windows Phone tende a crescer muito mais, e ai eles irão querer fazer aplicativos e deixei claro, quando isso acontecer, seremos nós que não faremos questão dos produtos deles.

        • Diego Angeli

          Speak for yourself