O clone de número de celular é um crime relativamente comum, já que a maioria das pessoas conhecem alguém que passou por essa situação. Infelizmente, quando isso ocorre o WhatsApp também fica ameaçado de ser clonado.

Com esse risco, muitas pessoas ficam inseguras sobre uma possibilidade do seu WhatsApp estar clonado. No entanto, caso isso aconteça, pode ser facilmente percebido e também não é difícil retomá-lo.

Neste artigo, vamos mostrar como identificar uma possível clonagem e também como agir caso ocorra essa situação.

Aviso de “conta clonada”

Calma, você não recebe um aviso dizendo que seu celular está sendo clonado, mas uma mensagem chegará no smartphone alertando que o seu número esta sendo utilizado em outra localização. Isso acontece, pois o WhatsApp não permite que usem o mesmo número em dois celulares diferentes ao mesmo tempo.

Reprodução/Rafael Vieira

Dessa forma, essa mensagem pede pra você verificar o seu aparelho. Toque em “Confirmar” e depois em “Autenticar” para que a conta fique ativa novamente em seu smartphone. Quando isso ocorra é porque existem grandes chances de que seu WhatsApp foi clonado.

Atividade “estranha” do WhatsApp

Outra forma de perceber que o WhatsApp está clonado é verificar a existência de mensagens que não foi você que enviou. Além disso, é possível observar também caso você não tenha visto uma mensagem, mas ela está marcada como lida.

Reprodução/Rafael Vieira

É claro que esses sinais podem indicar apenas uma falha do aplicativo, no entanto se essa falha se repetir várias vezes pode significar que o WhatsApp está mesmo clonado.

Recuperando a conta

O WhatsApp recomenda que você desinstale o aplicativo do seu smartphone, faça o download novamente e tente entrar com seu número. Dessa forma, parecerá que está criando a conta pela primeira vez e você receberá um código de ativação por SMS. Lembre-se, esse código não pode ser compartilhado com ninguém, pois é através dele que os desenvolvedores mantém a sua segurança.

Na hora que você fizer o “login” com o seu aparelho, todos que estiverem logados em sua conta serão automaticamente deslogados.

Entretanto, pode ser que seja solicitado um segundo código. Caso não foi você que tenha cadastrado, quer dizer que o invasor usou o sistema de código de confirmação em duas etapas. Nesse caso, você terá que aguardar 7 dias para recuperar a sua conta e pedir um novo código de confirmação.

Infelizmente, no Brasil, esse é o tipo de golpe mais comum de WhatsApp. Então, nesse período de 7 dias, é necessário que você avise todos os seus contatos sobre a invasão que sofreu. Além disso, oriente eles a não passarem nenhum dado para o invasor ou fazer algum tipo de depósito.

Não conseguiu recuperar?

Nesse caso, será necessário entrar em contato com o suporte do WhatsApp. Para isso, basta enviar um e-mail para support@whatsapp.com com a seguinte frase no corpo do e-mail: “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta”. Além disso, inclua o seu número de celular em formato internacional, ou seja, +55 (XX) XXXXX-XXXX.

Dessa forma, o seu WhatsApp será bloqueado em todos os aparelhos que estiver sendo utilizado. Também será enviado a você um código de segurança para que refaça o cadastro novamente.

Período inativo no WhatsApp

Durante o tempo em que estiver desconectado, a sua conta irá funcionar normalmente, ou seja, caso alguém queira enviar uma mensagem para você, será possível. Dessa forma, quando você obtiver acesso novamente a sua conta, conseguirá ver as mensagens enviadas normalmente.

Ative verificação em duas etapas

Uma dica para não ter sua conta clonada é ativar a verificação em duas etapas. Portanto, você definirá um PIN de 6 dígitos que precisará ser digitado todas as vezes que você efetuar o login em locais diferentes.

Reprodução/Rafael Vieira

Para realizar esse procedimento vá em Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas. Agora escolha um PIN e cadastre um e-mail para recuperar a conta, caso você esqueça o código.

LEIA MAIS:

Como tirar print no Samsung J7: Guia definitivo

Como recuperar a senha do seu Outlook ou Hotmail