Tizen ultrapassa Blackberry OS e pode, um dia, ameaçar o Windows 10 Mobile

0

O mais recente relatório da empresa Estrategy Analytics revelou um dado interessante sobre o mercado mobile: o Blackberry SO, sistema operacional que roda nos smartphones da antiga RIM, perdeu o quarto lugar no ranking dos sistemas operacionais móveis mais usados no mundo para um concorrente inesperado, o Tizen da Samsung.

O ranking global agora ficou assim:

  1. Android da Google
  2. iOS da Apple
  3. Windows Phone da Microsoft
  4. Tizen da Samsung*
  5. Blackberry OS da Blackberry

O Tizen então poderia representar uma grave ameaça ao Windows Phone/Windows 10 Mobile, já que ele seria o próximo da lista a ser desbancado? Sim, porque não? Afinal, estamos falando de um sistema operacional que conta com o apoio da maior fabricante de celulares e smartphones do mundo, a coreana Samsung.

Tizen Blackberry Windows 10 Mobile

Da esquerda para direita: Blackberry SO 10, Tizen da Samsung e Windows 10 Mobile

O Tizen* é um sistema interessante e de código aberto que foi criado pela Linux Foundation em parceria com a Samsung, Panasonic e Intel. Atualmente ele está presente não apenas em smartphones da marca coreana, como também em relógios inteligentes, carros e até em smart TVs.

O Tizen tem até uma versão para smart TVs

O Tizen tem até uma versão para smart TVs

Faz anos que a Samsung tenta emplacar o Tizen, mas sem grande evolução. A ideia é se livrar da enorme taxação de patentes em cima do Android, inclusive com itens da Microsoft. Agora, com o foco voltado para mercados emergentes, como a Índia, e telefones de baixo custo, a Samsung finalmente conseguiu tirar da sua frente uma grande concorrente, que foi a Blackberry.

Esse cenário pode mudar daqui por diante por dois motivos:

A Blackberry deve “engordar” a cota do Android com o lançamento do seu mais novo smartphone, o Blackberry Priv. Por que? Porque o Priv roda o Android e não o Blackberry OS. Claro que isso fará com que a posição do seu sistema operacional caia ainda mais no ranking, porém, isso é bem menos importante do que o bem-estar da empresa, que já não anda bem das pernas.

Blackberry Priv com Android

Blackberry Priv com Android

Outra coisa é a chegada do Windows 10 Mobile, que pode e deve “roubar” muitos usuários da Samsung e seu Tizen, já que a Microsoft também está de olho em mercados como a Índia e o Brasil, por exemplo, onde a maioria da população só pode ter um telefone de baixo custo.

Esses dois fatores podem manter o ranking da maneira que está ou no máximo fará com que o Windows 10 Mobile avance mais um pouco e depois, quem sabe, ultrapasse o iOS, esse que por sua vez deve perder alguns pontos e o Android deve crescer ainda mais. Difícil mesmo é barrar o crescimento do Android, porém, em um cenário com apenas essas opções só mesmo o software da Microsoft que pode um dia atingir o robozinho da Google, já que o iOS, por rodar em smartphones proprietários da Apple, nunca conseguirá alcançar a popularidade do Android, e só a MS mesmo para bater de frente com alguém quando o assunto é software. Sendo assim, dificilmente o Tizen passará disso, a não ser que a MS não obtenha sucesso com o Windows 10 Mobile ou o iOS despenque.

Fontes: Estrategy Analytics

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!