Todas as novidades que o Microsoft Edge ganhou depois da Fall Creators Update…

0

Ontem falávamos que o Edge ganhou como novidade o suporte ao modo tela cheia, mas, não foi isso, então, resolvemos incrementar e mostrar todas as novidade que o browser da Microsoft ganhou depois da Fall Creators Update.

Começando pela básico, o Edge ganhou melhorias em sua interface com a chegada do Fluent Design do Windows 10. Agora o navegador usa o elemento “acrílico” na barra de guias e outros controles, adicionando transparência e sensação de profundidade.

A Microsoft também deu uma boa aprimorada no suporte a arquivos PDF. Além dos recursos de leitor de PDF disponível anteriormente, agora é possível editar, imprimir e salvar formulários PDF na web, ou arquivos armazenados localmente em seu dispositivo.

Além disso, as já conhecidas anotações do Egde (Windows Ink) agora também pode ser usadas quando abrimos um PDF pelo navegador.

Ainda sobre as melhorias para PDF’s, em documentos longos, o Microsoft Edge agora pode exibir um índice para facilitar a navegação. Se o arquivo incluir esse recurso, você verá um botão de índice no lado superior esquerdo da barra de ferramentas PDF, que você pode clicar para pular rapidamente para uma parte específica do arquivo.

Tem até opção para girar o conteúdo da página, já que muitos arquivos não ficam na orientação desejada.

Outro recurso legal é que agora o Edge pode ler arquivos PDF em voz alta. A opção está disponível na barra de ferramentas ou usando o atalho de teclado Ctrl + Alt + R. Ao usar esse recurso, você terá acesso aos controles, incluindo dar play / pausar, ir para a linha seguinte ou anterior e uma opção para alterar a voz e a velocidade.

Por fim, ao selecionar um texto qualquer em um arquivo PDF, será possível acessar um novo menu de contexto que permite usar o marcador, copiar, pedir a Cortana ou adicionar notas.

As novidades não param por ai… tem também agora o suporte para ler arquivos EPUB. Da mesma forma como fazemos com os arquivos PDF, nos arquivos EPUB também é possível fazer anotações com o Windows Ink e também usar o menu de contexto comentado no parágrafo anterior.

Se você estiver lendo livros que você comprou na Microsoft Store, seu progresso de leitura, marcadores e notas serão sincronizados automaticamente em todos os dispositivos.

Além de todas essas novidades, a Microsoft implementou grandes melhorias na opção “Favoritos” do browser. Agora é possível adicionar pastas a sua lista de favoritos mais facilmente, deixando tudo muito mais organizado. Dá até para editar a URL do site mesmo depois de salva.

Além disso, para enfatizar o acréscimo de qualquer website a sua lista de favoritos, você também notará uma nova animação deixando claro que seu link foi salvo na sua lista de Favoritos.

Finalmente, ao acessar o menu do contexto direito para guias, você encontrará uma nova opção para adicionar guias aos favoritos, que quando selecionados criará uma nova pasta em Favoritos com todos os sites que você abriu na barra de abas.

O Edge também ganhou melhorias no gerenciador de permissões dos sites. Sabe os sites que pedem para lhe enviar notificações pelo browser? O nosso faz isso também. Pois bem, o Edge agora disponibiliza mais opções para esse fim. Você agora terá mais controle sobre isso e poderá revogar facilmente qualquer permissão dada anteriormente.

Para gerir tudo isso, acesse as configurações do Microsoft Edge > Exibir configurações avançadas e em Permissões , clique no botão Gerenciar para ver e alterar as permissões que você já concedeu aos sites.

Nas novas configurações do Microsoft Edge tem poucas novidades, mas, uma delas é muito bem vinda… na seção para importar configurações de outros navegadores, se você estiver vindo do Google Chrome, por exemplo, agora você poderá trazer seus Cookies e Configurações, além de marcadores, histórico de navegação e senhas salvas. Já a seção “Configurações avançadas” agora conta com uma opção para mostrar o histórico de pesquisa e outra para mostrar o site que você visita com freqüência em “Principais sites”.

Como parte do esforço em curso para trazer os Web Progressive APPs (PWA) para o navegador, O Microsoft Edge agora inclui uma prévia do suporte ao Service Workers, que pode ser ativado na página about: flags, que é dedica aos desenvolvedores e que também ganhou algumas melhorias.

Falando em desenvolvedores

  • Na página “about: flags” os DEVs perceberão que a página agora está dividida em duas seções: “Configurações do desenvolvedor” e “Visão geral de padrões”. Na seção Configurações do desenvolvedor , as opções disponíveis permanecem iguais às anteriores, com a exceção de que agora você encontrará a opção “Ocultar meu endereço IP local sobre conexões WebRTC”. Sob a Visualização de Padrões , você pode controlar apenas alguns recursos experimentais, incluindo eventos de toque, formato de vídeo VP9, ??recursos de JavaScript, trabalhadores de serviços, API padrão de tela cheia, transformações individuais e CSS Masking;

  • A Microsoft também está atualizando a API de Solicitação de Pagamento para corresponder à mais atualizada especificação da API de Solicitação de Pagamento do W3C;
  • O DevTools ganhou a capacidade para definir pontos de interrupção de mutação DOM;
  • O Console e o Debugger receberam várias melhorias para que os desenvolvedores comecem a depurar PWA’s. Além disso, o navegador apresenta suporte para a implementação não pré-configurada de CSS Grid Layout, CSS properties object-fit and object-position.

Além disso, no Windows 10 Enterprise, o Microsoft Edge incluirá o Windows Defender Application Guard, que é um novo recurso que oferece uma experiência de sandbox para páginas da web para proteger contra ataques de dia zero e malwares.

Enfim, foram muitas novidades. Não é pra menos, afinal, o Edge ainda é parte integrante e inseparável do Windows 10 e não um aplicativo da loja e isso faz com que suas atualizações mais importantes demorem a chegar. Esse fato é responsável pela demora no aprimoramento do Edge. Quem sabe isso mude no futuro.

Fonte: Windows Central

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!