Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019
Home Notícias

TomTom será a principal fornecedora de dados de localização da Microsoft para o Azure

06/02/2019 1009 0
TomTom será a principal fornecedora de dados de localização da Microsoft para o Azure

A holandesa TomTom se tornará a principal fornecedora de dados de localização da Microsoft para o Azure. Ambas as empresas anunciaram a expansão de suas parcerias nessa segunda-feira (05).

A TomTom se tornará a principal fornecedora de dados de localização da gigante de Redmond para o Microsoft Azure, colocando os mapas e dados de tráfego da TomTom na nuvem da Microsoft e trazendo sua tecnologia para o Bing Maps da Microsoft, enquanto se esforça para alcançar o Google Maps. Enquanto isso, a TomTom está escolhendo o Microsoft Azure como seu provedor de nuvem preferido.

Eles já são sócios há um ano e meio, e a TomTom diz quer alavancar ainda mais isso:

“A questão era como poderíamos ter uma parceria e fechar esse ciclo. Fomos parceiros por um tempo. Sentimos que era um bom momento para fortalecermos essa parceria”, disse Anders Truelsen, diretor executivo da TomTom Enterprise. Insider.

azure

Exemplo de dados obtidos por meio do Azure Maps

O Azure já possui um serviço de mapeamento chamado Mapas do Azure, que inclui dados de localização para empresas e desenvolvedores trabalharem. Os clientes do Azure podem criar softwares baseados em mapas, incorporar dados de localização em dispositivos da Internet of Things e rastrear o movimento de veículos.

Em abril do ano passado, a Microsoft investiu US $ 5 bilhões em IoT e alguns clientes da Microsoft, como Walmart e Starbucks, já estão usando os serviços de IoT do Azure.

“A TomTom tem uma oferta incrível de mapas mais recentes e informações de tráfego”, disse Sam George, diretor do Azure IoT na Microsoft. “Isso realmente ajuda a acelerar todos os nossos negócios com os quais temos parceria e que estão adotando a Microsoft e nossas plataformas em nuvem, concluiu ele.”

Como isso será útil na prática?

Agricultores podem usar esses dados para tornar seu negócio o mais produtivo possível rastreando cultivos, gado e tratores. Outros podem usar esses dados para obter atualizações em tempo real sobre o clima local. Empresas de entrega podem usar esses dados para encontrar as melhores rotas de entrega e atualizar seus clientes sobre o status de entrega e assim por diante. 

Do lado da Microsoft isso significa mais atrativos para seus serviços em Nuvem, os quais tem se mostrado bastante lucrativos. Além do que, fazer uso da tecnologia já instalada da TomTom, poupará tempo e investimentos na área de dados de localização.

“À medida que aumentamos nosso investimento na necessidade Intelligent Edge, percebemos essa necessidade de mapeamento de dados e integração profunda com a solução do Azure Maps”, disse George.

Quem é a TomTom?

Resultado de imagem para TomTom Products

Essas são alguns dos produtos do portfólio da TomTom

Para quem não conhece a TomTom, estamos falando de uma empresa que foi fundada em 1991. Seus principais acionistas são Peter-Frans Pauwels, Pieter Geelen e Harold Goddijn, que também seus fundadores.

Atualmente, ela oferece diversos produtos que variam entre dispositivos de navegação, softwares para utilização em dispositivos móveis, aquisição de mapas de outros países e acessórios como carregadores, bolsas de transporte e ventosas. No Brasil, a TomTom trabalha com os seguintes produtos:

  • TomTom PLUS: Este inclui o aviso de radares, canal de meteorologia, escolha de novas vozes de navegação e alerta de trânsito.
  • TomTom LIVE: Em outubro de 2008 foi lançado o serviço LIVE, específico para o TomTom GO 940. Através de um cartão SIM, era possível receber informações por wireless. Estes serviços incluem informações de trânsito (HD Traffic), alertas de segurança, buscas de pontos de interesse no google e preços de combustíveis.
  • Map Share: Lançado em Junho de 2007, o Map Share permite que os usuários possam fazem mudanças nos mapas através do dispositivo de navegação e compartilhar com outros através de uma conexão com a internet. O motorista pode bloquear/desbloquear uma rua, mudar a direção de tráfego, editar o nome de uma rua, adicionar/remover pontos de interesse.

Fonte > Business insider

Compartilhe:

Comentários: