Total de vendas de aparelhos com Windows Phone chega a marca de 1,6% do total mundial

0

A notícia hoje não é nada boa para a comunidade Windows Phone. O mais recente relatório do IDC mostra que o Windows Phone perdeu praticamente metade de sua cota de mercado no cenário mundial quando o assunto é volume de vendas.

O volume de vendas foi tão pequeno que o Windows Phone sequer aparece no principal gráfico do IDC, e foi colocado dentro do fornecedor “Outros”. O IDC registrou um aumento no total de aparelhos vendidos com relação ao terceiro trimestre do ano passado, passando o total de unidades vendidas de 332,6 milhões para 355,3 milhões no mesmo período desse ano. Um aumento de 6.8%.

IDC nov215 relatório windows phone

Fazendo-se o cálculo com base nesse total de smartphones vendido, que foi de 355,2 milhões, sabendo-se que desses 5,8 milhões são Lumias, obtemos a cota do Windows Phone, que foi de apenas 1,63%. No ano passado o Windows Phone chegou responder por mais de 3% desse total. E mesmo com um aumento de 6,8% do volume total, os Lumias ficaram muito longe de registrar crescimento.

Mesmo sendo um número alarmante ele é perfeitamente explicado pela ausência de novos aparelhos da serie Lumia no mercado e pela demora no lançamento do Windows 10 Mobile. Enquanto a Microsoft deu uma parada no tempo em 2015 suas concorrentes lançaram novos smartphones, novas versões de seus S.O. e tudo mais. O próprio IDC analisa que o iPhone 6 foi um dos responsáveis pelo aumento no volume de vendas de smartphones no mundo. Esse seria apenas mais um reflexo do baixo desempenho dos Lumias já noticiado aqui com a divulgação dos resultados da Microsoft para esse mesmo período do relatório.

Esses resultados negativos devem ser transitórios já que o Windows 10 Mobile tem tudo para se tornar um sucesso. Além disso, a Microsoft, agora munida de ao menos três novos aparelhos, são eles: Lumia 950, Lumia 950 XL e o Lumia 550, deve voltar a vender mais e mais unidades de seus aparelhos com seus novos atrativos.

O problema mesmo será se o Windows 10 Mobile não for muito bem aceito pela comunidade de desenvolvedores, já que a maioria dos usuários que abandonam a plataforma justificam que saíram por conta da ausência de alguns apps ou ainda pela demora no lançamento de outros. Possivelmente isso não será um problema devido a núcleo de desenvolvimento unificado que são os chamados app universais do Windows.

Fontes: IDC

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!