Última doação de Bill Gates lhe custou o título de homem mais rico do mundo

0

No começo deste mês documentos comprovaram que Bill Gates, um dos fundadores da Microsoft, fez uma doação de 4,6 bilhões de dólares ($ 14,7 bilhões aproximadamente) para a Fundação Bill e Melinda Gates. Esta é uma fundação sem fins lucrativos que trabalha ativamente em varias frentes, dentre as quais podemos destacar a erradicação da fome, pesquisas diversas na área de fármacos, soluções que melhorem a vida de pessoas que vivem em situação de pobreza extrema, sem falar nas ações na área educacional. A fundação em questão também atua no Brasil.

A doação foi comprovada por meio de um documento de Gates enviado à SEC, um órgão regulador do mercado financeiro dos EUA. Ela representa cerca de 5% da fortuna total do criador do Windows e é mais uma de uma grande série de doações de ações da Microsoft que ele faz. Essas doações reduziram sua participação na empresa de 24%, em 1996, para 1,3% no atual momento.

Amancio Ortega

O que ainda não sabíamos é que essa doação custou a Gates o título de homem mais rico do mundo. O título agora pertence a Amancio Ortega, criadora da Zara, que, segundo informações, tem um patrimônio estimado em 85 bilhões de dólares, cerca de 100 milhões a mais que Gates.

Ortega já havia ultrapassado Gates antes, mas não por esses motivos… desta vez, o que o fez passar na frente de Gates foi a doação feita pelo magnata da Microsoft.

Dado o perfil de Gates, não cremos que ele está tão preocupado assim com essa situação, muito menos com esse título, pois, se assim o fosse, ele estaria lutando para ganhar mais e mais e não doando.

Mesmo ainda estando em segundo lugar da lista de homem mais rico do mundo, não deve demorar até que seus concorrentes o ultrapassem, tendo em vista que Gates não deve cessar com suas doações. O páreo deve ficar entre Amancio Ortega, já citado aqui, e Jeff Bezos, CEO da Amazon.

Fonte: Folha Uol

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!