Uso de benchmarking do Android L com relação ao Windows Phone é notório

90

Benchmarking é uma palavra muito usada no mundo corporativo, e tem como principal significado a busca das melhores práticas de uma empresa que conduzem a um desempenho superior. Essa busca nem sempre acontece dentro da mesma empresa, mas sim, em uma esfera mais ampla. Pois bem, pelo visto o pessoal que desenvolveu o Android L e o iOS 8 perceberam que a tendência do futuro do design são as formas planas, com bordas quadradas e um design mais slim dos ícones e das fontes, o que nos lembra e muito a UI do Windows Phone.

Android L windows phone

Vejamos o caso da Google, que mostrou ontem como será a nova versão do seu S.O., o Android L, e notamos que ele tem traços que foram claramente inspirados no Windows Phone. Vamos conferir no vídeo abaixo.
 

 
Isso não é bom nem ruim, afinal, o benchmarking é uma prática muito comum, inclusive já adotada pela Microsoft em outros cenários. Recentemente vimos a nova UI do app do Facebook para o WP8, que foi claramente inspirado na versão para o iOS.

Facebook iOS e WP8 comparativo

Enfim, pelo visto a tendência é realmente termos sistemas operacionais sem muitas firulas e imagens super 3D, mas sim, uma coisa mais “leve” e mais objetiva. Deixe sua opinião sobre isso.

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Felipe Maia

    Boa! Meu Lumia quebrou e peguei um Moto G, é bom ter de volta meus apps estáveis outra vez, mas a interface do WP tem seus méritos

  • WillyTaty Milane

    Alexandre Lima você só esqueceu de dizer que a Google simplesmente elevou ao quadrado o que a Microsoft fez não acha? Muito, mas muito superior à Microsoft. Tomara que eles aprendam a lição, pois tenho um Lumia há 5 meses e já estou de saída pra nunca mais voltar. Se arrependimento matasse meu amigo, eu tava mortinho da silva. Prefiro Android sem sobra de dúvidas com travamentos e malwares como os funboys da Microsoft e Apple costumam dizer, pelo menos terei os apps, recursos e funcionalidades que sempre usei e a Microsoft não consegue trazer pro WP. Pena.

    • Matheus Felipe

      Infecções em sistemas baseados em Linux são extremamente baixas e pifias.

  • FABIO NEVES

    Engraçado que no início eu pensei a mesma coisa, mas ao ver o Android L rodando ontem num Nexus 5, não percebi tamanha semelhança assim.

    E também nem achei tão bonito como esperado….Mudou uma coisa ou outra, mas basicamente continua a mesma coisa, apenas com alguns refinamentos…

  • Guilherme Kyon

    Eu não sei, esse design clean que o Google ta adotando é bonito mas tem alguma coisa nele que me incomoda. E muito. Desde o Google+ que tem algo nele que não me agrada mesmo achando um bom design.

  • Felipe Freitas

    Nossa meu… Como esse pessoal fala merda nos comentários ¬_¬

  • Vanderlan Silva

    Cara eu gosto muito do wp, mais pelo que vi no vídeo o Windows Phone vai continuar por baixo. O wp ta muito simples ainda, acho que tem de ser melhorado. Gosto de ficar olhando os live tiles, mais acho que ta faltando mais design.

  • Felipe

    Legal divulgar uma das melhores novidades da nova versão do Android (uma clara evolução das cards, adotada no Google Now e na maioria dos serviços dela). As APIs gráficas que tendem a melhorar o padrão visual dos aplicativos em geral. Nada como um site dedicado ao Windows Phone ser tão aberto a todo tipo de assunto, inclusive novidades da plataforma rival.

    Enquanto isso, por onde andam as boas novidades “exclusivas” da “nossa” plataforma?

    • Erivelton Freitas

      Me pergunto o que alguém como você ainda está fazendo nesse site? Vou te recomendar alguns sites mais adequados a sua “Visão” das coisas: Olhar Digital, Tecnoblog, TecMundo, Tectudo, etc…

      Todos 100% Androidianos, porque você não vai ser feliz por lá, hein?! ^^

      • Felipe

        LOL

      • Matheus Felipe

        Por que aqui é um blog, um local de liberdade de expressão de opiniões.

  • Rodrigo Lage

    O povo vê o vídeo de uma animação e acha que poderão animar assim? Não mesmo, este vídeo é apenas uma demonstração, na realidade eu não curto muita animação em tela, o Windows Phone tem muito dela, o aplicativo do Vevo quando eu entro no Wi-Fi, ele atualiza a galeria de cantores e quando saiu fica lá, mostrando fotos, partes de vídeos, os contatos mudando de foto o tempo todo como se fosse uma persiana… Entre outros detalhes, isso já esta ótimo. Querer mais animação, ou poder colocar o que quer é interessante, mas garanto que 99 dos usuários nem vão se ligar muito nisso, visto que o Windows para PC sempre teve animação, sempre teve protetor de tela animado, mas quase ninguém ativa.

    • Felipe

      O legal não é a animação, mas sim a dinâmica como tudo é carregado de forma natural. Do que ser levado para outras “telas”, tudo acaba sendo construído dinamicamente. Para quem trabalha com desenvolvimento, não tem como ignorar essas APIs.

      E pode ter a certeza que a Microsoft dará uma resposta a isto. O Visual Studio entregou muitos layouts prontos, e funcionais, para os desenvolvedores explorarem no Windows Phone (desde a sétima versão). É por isso que existe um padrão visual na maioria dos aplicativos.

      O que a Google fez nesta nova versão do Android foi criar o seu modelo, e entregar aos desenvolvedores, afim de também tentar induzir os mesmos a seguir este novo padrão visual. Que pelo vídeo, tornará os aplicativos do Android bem mais interessantes.

  • Babaca

    Falta só a Microsoft aprender com a Apple e Google como gerenciar produtos, suas atualizações, modelos de venda, disponibilidade, suporte a desenvolvedores, etc …

    Pouca coisa.

    • Reynaldo Rodrigues

      É verdade. Pior é gente que insiste em falar mal das duas dizendo que ambas não prestam. Imagina se prestassem.

      • Babaca

        As pessoas acham que por serem concorrentes devem diminuí-las. Precisam aprender que se tem alguém fazendo melhor, é preciso aprender primeiro com elas para então superá-las.

        Não há vergonha alguma nisso,

        • Felipe

          Perfeito.

          Para alguns, parece ser um absurdo que a Microsoft não tenha criado a roda.

          O importante, neste caso, não é criar, mas sim entregar o melhor produto, ou aquele que melhor se adapte as necessidades do usuário.

          O Windows superou o OS X exatamente na sua flexibilidade. Se ele fosse fechado como o SO da Apple, até mesmo o Linux poderia ter feito mais sucesso.

          Com o WP 8.1, a Microsoft está, finalmente, voltando a pensar no usuário, ao invés de apenas tentar impor o que eles deveriam querer (ou seja, parou de imitar a Apple).

          E o WP 9, segundo rumores, tende a seguir o mesmo rumo, o que é ótimo, já que há sempre aqueles que se contentam com qualquer coisa, e outros que gostaram, mas que gostariam de que aquilo que eles acharam bom ficasse melhor.

          Se a Microsoft ouvisse apenas esses fanáticos, estaríamos até hoje com o WP7, rodando apenas jogos limitados (graças ao XNA), com pouca variedade de aplicativos, graças as limitações da API, fora precisar de um PC para transferir arquivos multimídia via Zune.