Vazam fotos reais do HTC Omega

11

Vazam na web fotos reais do novo HTC Omega com o Windows Phone 7.5 Mango. Mostramos recentemente uma imagem do aparelho, mas, ela era apenas uma imagem virtual do projeto, agora temos fotos reais do aparelho em mãos. Veja abaixo.

O HTC Omega tem um grande diferencial no quesito processador, ele virá equipado com um novo processador Snapdragon MSM8255 com 1.5Ghz de velocidade. As demais características do hardware são: 512 de RAM, tela de LCD de 3,8 polegadas e câmera de 8mpx traseira e uma frontal de resolução ainda não revelada e seu nome pode ser modificado para HTC Radar. Ele aparentemente tem características muito semelhantes ao HTC Mozart, que tem um tela menor que a do HD7, mas com uma câmera superior. A construção do Omega parece ser em alumínio e seu preço deve ficar em torno dos 370 euros, aproximadamente 540 dólares, o que nos parece um preço bem alto. Obviamente outra característica muito importante do aparelho, é que ele virá de fábrica com a Mango. Espera-se que o HTC Omega ou Radar e o Eternity (que poderá se chamar Titan) sejam apresentados no evento que a HTC está preparando para o dia 1 de setembro.

Fontes: winrumors, Ouedkniss e pocketnow

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP – Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!

  • Pingback: Vaza vídeo do HTC Omega também chamado de HTC Radar com Windows Phone 7 Mango - Windows Phone Brasil : Windows Phone Brasil()

  • Pingback: Vaza vídeo do HTC Omega também chamado de HTC Radar com Windows Phone 7 Mango - Windows Phone Brasil : Windows Phone Brasil()

  • Pingback: Surgem rumores sobre o Samsung Omnia W com Windows Phone 7.5 Mango - Windows Phone Brasil : Windows Phone Brasil()

  • Wagner

    Lembra o HTC Flyer.

    • Leo

      HTC Flyer é um tablet !!!

      • Wagner

        Bem sei que HTC é um Tablet, mas isso não o impede de ser paercido com o HTC Omega. Pesquise e vai ver que são realmente parecidos.

  • Marcos Paulo

    Também acho que os preços precisam ser baixos para vender bem. As pessoas não vão olhar os windows phones e já comprar, é algo novo, diferente do que estão acostumadas a ver e desejar, por isso tem que haver um bom preço e um bom marketing.

  • Thiago

    Sei disso… Concordo plenamente no seu comentario… mas as fabricantes tem que entender que inicialmente tem que entrar com preços bons para mostras os seus protudos! senão as pessoas ficam com medo de pagar “caro” por algo desconhecido… eu comprei o meu Focus desbloqueado no EUA. paguei convertendo R$900,00… em relação ao Brasil é um valor sensacional para um aparelho Top desbloqueado…

    • Alexandre Lima

      Pois é… como falei, concordo com você. Realmente os preços de entrada precisam cair, se não puder ser em paíes como os EUA, ao menos que seja por aqui. Espero que os preços sejam competitivos senão ficará difícil popularizar o OS.

  • Thiago

    Preço muito alto… esses windowsphone tem que dimiuir os preços se eles quiserem ser competitivos… Porque qualidade eles já mostrarama que têm!

    • Os preços sempre caem, mas sempre vinculados a contratos com operadoras. Em países com EUA, Inglaterra e outros, o uso de celulares em planos pré-pagos é minoria, logo, aparelho vendidos no varejo com o chamados preço cheio são poucos. A maioria deles são vendidos em planos pós-pagos diretamente nas operadoras. No Brasil é que temos o costume de comprar aparelho desbloqueados e no varejo sem vínculo com operadoras. Para você ter um idéia, o Samsung Focus ou o LG Quantum, está sendo vendido na AT&T por U$ 49,99 com um contrato de fidelidade de 2anos, contudo, com um a mensalidade de apenas U$ 15,00, onde é que encontramos aqui no Brasil um aparelho no top do Focus por R$ 70,00 e com mensalidades de R$ 25,00/mês? Em lugar nenhum. Melhor para os americanos que compram aparelhos vinculados a operadoras, ficam com elas por dois anos, mas economizam muito dinheiro. O Motorola Atrix (top de linha com Android, sai por apenas U$ 99,99 com a mesma mensalidade), no Brasil o Atrix custa nada menos nada mais que R$ 1899,00 sem vínculos, isto é quase 2000% mais caro. O que é realmente mais vantajoso? Mas, concordo com você que os preços de entrada precisam cair, ao menos nesse primeiro momento, pois, a plataforma ainda é pouco conhecida.