[Vídeo] Este poderia ter sido o Lumia 750 ou o 555

0

Em um vídeo vazado recentemente, podemos observar um modelo de Lumia que não chegou a ser lançado no mercado. O canal chinês que divulgou o vídeo também não tem certeza de que modelo estamos falando. Poderia ser o Lumia 750 ou o 555, codinome “Guilin”.  Vamos dar uma olhada:

É possível inclusive confirmar seu hardware:

  • Processador Qualcomm Snapdragon 410 MSMM8916 Cortex-A53 Quad-Core 1,2 GHz
  • GPU Adreno 306
  • 1GB de memória RAM
  • 8GB de memória interna expansível microSD
  • Suporte a redes GSM e HSPA
  • Tela de 5″ com resolução de 720 × 1280 pixels e Gorilla Glass 3
  • Câmera principal de 8MP, com lentes Zeiss, autofocus, led flash e que grava vídeos a 1080p @ 30fps
  • Câmera frontal de 5MP
  • Wi-Fi 802.11 b / g / n, DLNA, hotspot
  • Bluetooth 4.0, A2DP, LE, apt-X
  • Bateria de 2650 mAh
  • GPS (A-GPS GLONASSL) Acelerômetro, proximidade, luminosidade, notificação por LED

Pelo hardware fica complicado chegar a alguma confirmação de que poderia ser o Lumia 750. O processador realmente é mais potente que o do Lumia 650, porém, sua tela pequena e simples somada a sua memória interna nos levam a pensar em um aparelho de entrada, como um Lumia 555 mesmo.

Não tem como sabermos que modelo ele viria a ser, até porque isso nem interessa mais, afinal de contas, ele e o Lumia 850 nunca verão a luz do dia, tendo em vista que ambos foram descontinuados mesmo antes de ser lançados.

Eles datam da época em que Satya Nadella, atual CEO da Microsoft, decidiu que a linha Lumia seria reposicionada para dar mais espaço para as demais OEMs do Windows Mobile, já que na ocasião os relatórios mostravam que os Nokia Lumia respondiam por mais de 95% do mercado de telefones com Windows. O problema é que as OEM não tem preenchido a lacuna deixada pelos Lumias. As que tentaram fracassaram, como foi o caso da Nuans, da Coship e da Acer. Agora temos a WhartonBrooks e o Cerulean Moment. Antes que alguém pergunte pela HP e pela Alcatel, os aparelhos dessas fabricantes em específico tem foco no mercado corporativo e não no consumidor comum, então, não vamos conta-los agora. Sobrou, no máximo, os Lumias 550, 650, 950 e 950 XL, lançados em 2015.

Hoje, estamos na expectativa de novos aparelhos de outras OEMs diante das novas possibilidade que vem surgindo para o Windows 10, como o Windows 10 ARM. Estamos num estado de “hibernação” para ser mais exato.

Fonte: MSPoweruser

Share.

About Author

Funcionário Público Federal, formado em Licenciatura em Química, Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta do Windows Phone. Carpe Diem