Notícias

Você sabia que a Microsoft, Apple e Google podem ouvir e gravar o que você diz ao celular?

267views

O conteúdo desse post pode até parecer uma matéria sobre espionagem ou algo sobre teoria da conspiração, mas não é. Falaremos apenas sobre a mais pura realidade de um universo conectado e futurista.

%título

Comecemos logo dizendo o seguinte: Cortana, Siri e Google Now, ouvem e gravam tudo o que você diz ao celular. Isto é, sabe aqueles comandos de voz que você brada para o seu smartphone? As assistentes pessoais do Windows Phone/Windows, iOS e Android são capazes de gravar tudo o que lhes é solicitado e deixa essas informações à disposição de suas “chefes”, a Microsoft, Apple e Google, respectivamente. Isso foi o que a Forbes afirma ter descoberto.

Eles ainda disseram que as informações ou instruções são captadas e guardadas ao acionar o comando de voz para desencadear certas ações no sistema operacional do smartphone.

Então devo me preocupar com isso? Depende.

A Microsoft não chegou a confirmar efetivamente as gravações, mas disse que usa uma tecnologia própria para criar modelos de processamento para melhorar Cortana.

Já a Apple afirma que as gravações realmente são feitas, porém, os dados chegam a seus servidores sem identificação de nomes ou dados de usuários. Elas chegam como se fossem anônimas e são armazenadas por cerca de 2 anos. Elas servem para aperfeiçoar a assistente pessoal do iPhone e iPad.

Por fim, temos a Google, que foi a mais taxativa de todas ao afirmar que a gravação é explicitamente informada ao usuário ao ativar o serviço. Gravações essas que inclusive podem ser acessadas por meio do seu perfil e histórico.

%título

A polêmica sobre privacidade em dispositivos com comandos de voz ganhou ainda mais força esse mês com a revelação de que uma SmartTV da Samsung pode ouvir e gravar tudo o que seus donos falam e conversam perto dela. Depois dessa da Samsung e dessa revelação da Forbes sobre as assistentes pessoais para smartphone e PCs, cremos que as pessoas lerão com mais cautela os termos de uso de qualquer assistente pessoal ou comando de voz.

E você? O que acha dessa história toda? Invasão de privacidade ou é apenas o futuro chegando?

Fontes: Forbes via: Techtudo

29 Comments

  1. Fico mais assustado pela possibilidade de o kinct nos filmar fulltime huauhauhuaha o/

  2. ah, ams como elas vão melhorar se nós não ajudarmos? a questão é que acho que poderiam nos premiar para isso

  3. De certa forma isso não é novidade, por exemplo, as operadoras de telefonia gravam todas as ligações e SMS, mas isso fica protegido pelo sigilo telefônico, do mesmo modo que o que falamos com a cortana por exemplo, ficaria gravado, mas protegido pela política de privacidade da empresa, que usa esses dados para criar padrões para melhorar cada vez mais os seus produtos. Cabe ao usuário saber se concorda ou não com tal política de privacidade, e decidir usar ou não o serviço. O problema existe quando essas gravações são feitas secretamente e obviamente sem o consentimento do usuário, e usadas indevidamente.

  4. Se a Microsoft me grava só vai me pegar xingando toda vez que a merda do Lumia 820 trava.

  5. Triste realidade vinda do lado da tecnologia, mais é aquela regra: Tudo bom vem com um preço.

    Uma boa ideia é aprender programação, e dependendo da sua área, torna as coisas realmente privadas… Mais sempre com o pensamento em computadores “quânticos”, eles são o perigo para a maioria criptografia existente se não todas. Por que a regra do computador quântico é: Quanto maior a dificuldade, mais rápido ele fica. Sendo assim, como fica uma criptografia? Já que a vantagem era a demora em ser descoberta… o que demoraria 6 anos para descriptografar, com o computador quântico são minutos, se nãos segundos… Acho isso impossível? Dê uma olhadinha em que o Google e NASA esta tentando criar e já comprarão…

  6. É mais fácil falarmos do Baidu na China, que realmente especula o que todos estão fazendo. Uma verdadeira praga! Mas porque duvidar daquelas pesquisas que fazemos ao digitarmos um texto numa página de busca?

  7. Pessoal vejam se vcs podem me ajudar a solucionar isso aqui >>Quando eu estava com o 8.1 sem instalar o Windows 10 o botão dr rede de dados estava la…atualizei pro 10 ele tava la…quando usei a opção de ferramenta da MS de downgrade Q voltou pro 8.1 o botão de rede de dados sumiu… Não tem ele e nem atualização aparece pra corrigir isso… Agora to no 10 novamente e ele não ta aqui tbm…ele não existe mais no meu celular

  8. Quando eu estava com o 8.1 sem instalar o Windows 10 o botão dr rede de dados estava la…atualizei pro 10 ele tava la…quando usei a opção de ferramenta da MS de downgrade Q voltou pro 8.1 o botão de rede de dados sumiu… Não tem ele e nem atualização aparece pra corrigir isso… Agora to no 10 novamente e ele não ta aqui tbm…ele não existe mais no meu celular

  9. já eu ficaria surpreso se isso não acontecesse, pois esses assistentes pessoas tem que ficar cada vez mais precisos, mas não axo que ele chegue aos servidores como anônimos, ele teria que chegar com aos servidores munidos de seus perfis, assim vc adquire seu dispositivo faz login e pronto, assim como vc tem acesso aos seus contato de agenda, fotos e todos os tipos de arquivos que claro incluiria seu assistente pessoal configurado com seus comandos e tons de vos para saber o que vc quer, ele teria que saber se vc ta contente ou descontente, assim vc pediria para ouvir uma música ela saberia exatamente como lhe deixar calmo ou de bom humor, e mais quando vc desse um comando ele saberia se é vc mesmo ou não, caso não fosse vc ele não executaria e se houvesse persistência ele bloquearia e exigia uma senha.
    [viajei né?]

  10. Se eu não me engano existe opções de feedback, mas não vejo como problema. Existem muitas pessoas que com a popularização dos boatos ficam exagerando quando algo perto disso acontece.

  11. SHIELD? Mas porque SHIELD?
    Vai me dizer que a Argus também? Não sei bem se ela controla a vida das pessoas.

  12. “Nineteen Eighty-Four (em português: Mil Novecentos e Oitenta e Quatro ou 1984) é um romance distópico clássico do autor britânico George Orwell, pseudônimo de Eric Arthur Blair. Terminado de escrever no ano de 1948 e publicado em 8 de junho de 1949, retrata o cotidiano de um regime político totalitário e repressivo no ano homônimo. No livro, Orwell mostra como uma sociedade oligárquica coletivista é capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela.

    O romance tornou-se famoso por seu retrato da difusa fiscalização e controle de um determinado governo na vida dos cidadãos, além da crescente invasão sobre os direitos do indivíduo. Desde sua publicação, muitos de seus termos e conceitos, como “Big Brother”, “duplipensar” e “Novilíngua” entraram no vernáculo popular. O termo “Orwelliano” surgiu para se referir a qualquer reminiscência do regime ficcional do livro. O romance é geralmente considerado como a magnum opus de Orwell.” Fonte: Wikpedia. Livro no qual foi inspirado o Reality show Big Brother, onde pessoas são confinadas em uma casa e são vigiadas durante todo o programa.

Leave a Response