Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Home Notícias

VP da Qualcomm diz que usar processadores Octa-Core em smartphones é burrice

05/08/2013 181 0
VP da Qualcomm diz que usar processadores Octa-Core em smartphones é burrice

Segundo o vice-presidente da Qualcomm, o Sr. Anand Chandrasekher, usar um processador Octa-Core em um smartphone é burrice. Ele fez essa afirmação em uma declaração enviada a imprensa de Taiwan no último dia 02.

Chandrasekher explicou que um componente como esse tem uma configuração muito além do que os usuários realmente necessitam hoje. Ele ainda disse que essa tecnologia não atende todas as necessidades dos consumidores. Em uma frase própria ele disse: “Você não pode pegar oito motores de cortadores de grama, colocá-los juntos e dizer que tem uma Ferrari de oito cilindros. Simplesmente não faz sentido”. Muitos podem pensar que ele está direcionando sua citação a Samsung que recentemente lançou o novo Galaxy S4 com Android e que usa um processador de oito núcleos, mas, a declaração foi direcionada à fabricante MediaTek, sua concorrente que acabou de anunciar um novo processador de oito núcleos para smartphones.

MediaTek-True-Octa-Core

O VP da Qualcomm ainda complementou dizendo que a Qualcomm foca em dar aos consumidores uma boa experiência, o que exige bons modems, longa autonomia de bateria e um preço acessível.

A declaração de Chandrasekher reacende uma discussão antiga sobre números de hardware contra desempenho otimizado do software e de aplicativos. Por coincidência ou não, 100% dos Windows Phone atuais usam chips da Qualcomm em seus hardwares, e nenhum deles tem mais do que dois núcleos de processamento e nem por isso o Windows Phone deixam de rodar com primazia jogos e apps de última geração. A memória RAM ainda limita alguns WP por as vezes ser insuficiente, mas, isso já é assunto para outra pauta.

De qualquer forma se no futuro teremos ou não Windows Phone rodando com processadores Octa-Core, isso não sabemos, contudo, esperamos que não precise. Isso porque quanto mais núcleos, mais consumo de bateria e mais custo de manufatura, logo, teremos smartphones cada vez mais caros.

qualcomm

Fontes: Engadget

Compartilhe:

Comentários: