Watch Dogs Legion se trata do terceiro game da série da Ubisoft. A sua publicação irá ocorrer no dia 29 de outubro deste ano na palataforma do Playstation 4 (PS4), Xbox One e computador. Além disso, também ficará disponíveis nos novos consoles Playstation 5 (PS5) e Xbox Series X. Em vez de ter o foco em apenas um personagem como era nos jogos anteriores da franquia, o lançamento torna possível ter o controle de quase todos no mapa. É um dos games mais esperados do ano e recebeu uma data depois de ser adiado no começo do ano.

Neste artigo vamos te mostrar as impressões sobre o Watch Dogs Legion. No novo jogo, o jogador está na posição da organização de hackers DedSec. Por isso, você pode selecionar espiões secretos, hooligans, paramédicos, entre outras pessoas em uma Londres futurista comovida por ataques terroristas que ocorrem há pouco tempo.

Far Cry 6: conheça todos os jogos da franquia!

Contexto do Watch Dogs Legion

O game está adaptado na cidade de Londres, Inglaterra, em um futuro não muito distante. O local está afetada por uma situação complicada, depois de ataques terroristas serem usados como desculpa para usar de poder militar privado, a Albion. A companhia, através do seu CEO, indica a DedSec como responsável pelo atentado e caça seus membros, o que interfere na opinião pública.

Com a força militar realizando uma segurança repressiva, você conseguir visualizar vários guardas atacando cidadãos nas ruas e carros de guerra propagados pela cidade. É nessa situação que o jogador controla a própria DedSec para resistir e tentar mudar o cenário.

Novidades essenciais

A grande novidade de Watch Dogs Legion se trata, especialmente, a chance de jogar com qualquer um do mapa. Além disso, isso serve para todos que surgem. Algumas pessoas não são difíceis de convencer, e precisa somente de uma conversa breve e um favor para assegurar o recrutamento destes para o time de hackers.

novidades essenciais no novo jogo da ubisoft
Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista – Foto: Reprodução/Techtudo

Mesmo assim, ainda há aqueles que não são fáceis de convocar, tornando essencial realizar diversas missões para cativar a confiança deles. E há aqueles ainda mais difíceis, do qual o jogador acessa um tipo de agenda, com muitas tarefas que podem ser favoráveis. O foco é desviar do conceito que o personagem tem da DedSec e induzi-la de que vale a pena fazer parte da luta.

O benefício de escolher entre diversos personagens é, exatamente, utilizar suas características e trabalhos em diferentes missões difundidas por Londres. Inclusive, é possível contornar a segurança de um hospital jogando com um paramédico ou um lugar de construção por meio de um pedreiro, por exemplo. Por isso, fica mais prático alcançar as metas, bem como escapar do local em seguida. Mesmo assim, é essencial evitar estar de frente com um guarda, já que eles tem o poder de reconhecer o usuário de missões anteriores.

Uma coisa que o jogo pode ser negativa para alguns e positiva para outros é a jogabilidade. A física de Watch Dogs Legion é quase a mesma usada no primeiro jogo da série, especialmente ao dirigir. Para os que estão acostumados com outros jogos de mundo aberto, podem levar algum tempo para se adaptar, além de os veículos sofrerem um pouco no caminho.

Novas possibilidades no Watch Dogs Legion

Uma vez que o plot está adaptado em uma Londres futurista, drones são bastante normais e passam pelas ruas o tempo todo. O jogador pode solicitar quadricópteros de carga, que possuem mais espaço, para alcançar o topo de prédios, por exemplo. Os veículos também são elétricos e, alguns momentos, automáticos. Por isso, se houver algo para resolver enquanto estiver jogando, precisa apenas escolher um caminho e acionar o piloto automático.

As escolhas de hack por Londres também são muito diversificadas. Se nos jogos anteriores da franquia era possível abrir ou fechar o sinal, desligar as luzes da região, levantar bloqueios, etc., também pode-se controlar os próprios veículos. Dessa forma, o jogador conseguir tirar alguns veículos do seu caminho em casos de pressa, bem como derrubar cargas dos drones ou controla-los para acessar câmeras na região.

Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista
Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista – Foto: Reprodução/Tech Tudo

No meio das missões principais existem alguns quebra-cabeças que envolvem sistemas elétricos e computadores, uma coisa clássica da série. Por isso, não há muitas mudanças ao comparar com os antecessores, embora o jogador receba possibilidades que vão além das câmeras normais espalhadas pela região.

O plano de chegada no objetivo também precisa ser considerado, já que o game possui, em sua maioria, armas não-letais, além de lutas corpo a corpo serem muito normais. A melhor maneira de alcançar os lugares indicados nas missões é procurar ficar longe do olhar dos guardas. Além disso, há várias maneiras de contornar a segurança, que muda conforme o personagem selecionado. Se alguma coisa der errada, a pessoa usada será presa e estará indisponível por algum tempo.

Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista
Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista – Foto: Reprodução/Tech Tudo

Considerações finais

Watch Dogs Legion possui uma proposta que pode levar a uma revolução de games de mundo aberto. Ao tornar possível controlar qualquer personagem do mapa, o jogador pode seguir o plot do jogo da forma que desejar, escolhendo planos que vão além do campo de ação por si só. A jogabilidade não mudou muito ao comparar com os jogos antecessores, embora isso não interfira na experiência.

O modelo de Londres no futuro também precisa ser destacado, já que mostra bem o conceito de uma outra época, embora sem abandonar locais característicos da cidade. Já situação usada para a história, com uma crise econômica, política e de segurança, se assemelha bastante com a época atual, indicando para o que podemos nos tornar nos próximos anos. É uma experiência agradável e um pouco complexa, que prende o jogador de forma rápida.

Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista
Watch Dogs Legion: Configura as primeiras impressões do jogo sem protagonista – Foto: Reprodução/Tech Tudo

A empresa responsável divulgou a data de publicação do game ontem (12), na duração do Ubisoft Foward. Após ser adiado, o jogo será lançado no dia 29 de outubro deste ano para as plataformas: Playstation 4 (PS4), Xbox One e computador; e chega nos próximos consoles Playstation 5 (PS5) e Xbox Series X. O game já se encontra em pré-venda na loja oficial da Ubisoft a partir de R$ 199, embora não tenha um valor certo nas demais plataformas.

O que você achou das primeiras impressões do Watch Dogs Legion? Deixe seu comentário. Além disso, não se esqueça de entrar no nosso grupo do Telegram. É só clicar no botão “Canal do Telegram” no topo direito da página.