WhartoBrooks fala sobre o “Fim” da empresa

0

No começo dessa semana surgiram rumores de que a WhartonBrooks estava fechando as portas. A empresa por trás do Cerulean Moment, um smartphone com Windows 10 Mobile com suporte ao Continuum que está em plena campanha crowdfunding no Brasil, já se pronunciou sobre o caso afirmando que nem de longe eles estão fechando a empresa, muito menos que é o fim de seus smartphones com Windows 10.

Os rumores começaram pelo simples fato do site internacional da empresa ter passado alguns dias em manutenção. Também justificaram afirmando que a empresa não estava mais respondendo os comentários e perguntas em suas principais redes sociais, porém, isso já foi contornado.

Mesmo assim, muitos esqueceram que a WhartoBrooks Brasil não passou por essas “instabilidades”. Além disso, logo depois a empresa se pronunciou e respondeu o seguinte ao MSPoweruser:

“Entramos em contato com a WhartonBrooks e eles culparam questões técnicas devido a um problema de instalação do certificado SSL. Eles confirmaram planos para um novo dispositivo personalizado com especificações de ponta, mas, aparentemente, ainda estão tentando obter o apoio da Microsoft para o novo empreendimento.”

Já a WhartonBrooks Brasil disse:

“Caros amigos, a WhartonBrooks não desapareceu e não é uma farsa como determinados bloguinhos andam afirmando. A matéria “Cerulean Moment desapareceu e a Whartonbrooks saiu do ar juntamente com suas redes sociais” não tem fundamento algum. Toda e qualquer informação sobre nossa empresa será divulgada por nós e não por terceiros não autorizados. Gostaríamos de informar que caso essas difamações persistam vamos tomar as devidas providências perante a justiça.

Vamos prover informações oficiais logo ao termino da campanha Brasileira através de nossos meios de comunicação.

Agradecemos a compreensão de todos.”

Enfim, a empresa não fechou as portas e ainda confirmou que vai investir em um novo projeto. Inclusive, para quem não lembra, não tem muito tempo desde que eles fizeram uma pequena enquete no Twitter perguntando sobre o preço mínimo que os usuários pagariam para um telefone Windows equipado com o Snapdragon 835.

A revolta da empresa, especialmente com os sites e blogs que replicaram a informação postada pelo MSPoweruser, é justamente pela enorme vontade que muitos tem de minar qualquer iniciativa que coloque o a versão mobile do Windows no páreo novamente. O engano começa ai… primeiro porque a Microsoft, neste momento, sequer está tentando competir com o iOS ou Android; segundo que a empresa já falou que lançará novos telefones sim, no entanto, eles não se parecerão com os que existem hoje no mercado; terceiro, e o mais importante, é que todos deveriam torcer não só pelo Windows Mobile, como também por qualquer nova opção que surja no mercado, afinal de contas, o duopólio iOS/Android já cansou e deixa os usuários a mercê da vontade de duas companhias. Na verdade nas mãos de uma, porque a Apple vende produtos para um público já fidelizado, então, resta para a ampla maioria o Android. Consideramos isso uma falta de astúcia da imprensa especializada, que deveria ansiar por uma terceira opção de S.O. para telefones, isso porque concorrência sempre beneficia os consumidores finais.

Esse mesmo raciocínio deveria ser aplicado ao caso da WhartonBrooks. Mesmo sendo uma empresa pequena e desconhecida de muitos, nunca podemos esquecer que ela foi a única OEM do Windows 10 Mobile a se prontificar a tentar vender seu smartphone aqui no Brasil. Nenhuma outra o fez, então, a torcida deveria ser a favor da empresa e não contra.

Enfim, uma pena que falta apenas 11 dias para o fim da campanha do Cerulean Moment aqui no Brasil e eles não atingiram sequer 1% da meta. Tudo bem que é uma meta bem elevada, tem também a falta de informações consistentes sobre o futuro do Windows 10 Mobile, ou mesmo a dificuldade do brasileiro em confiar em uma campanha crowdfunding, mas, enfim, imaginávamos que chegaria fácil nos 10% pelo menos. Quem já aderiu, não se preocupe, ao fim da campanha você receberá seu dinheiro de volta de forma integral.

Fonte: MSPoweruser

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!