Windows 8 tem seu sistema de ativação hackeado

12

Apenas cinco dias após a Microsoft anunciar a disponibilidade da versão final do Windows 8, hackers conseguiram burlar o sistema de ativação. O crack engana o sistema operacional, que originalmente pode ser utilizado por até 180 dias por meio de alguns comandos. O crack consiste numa modificação na ativação do Windows 8, que faz verificações nos servidores Key Management Services da Microsoft, para burlar a limitação de tempo. Lembrando que o novo Windows ainda não foi liberado para um público maior através do MSDN e  ainda faltam dois meses para o lançamento oficial nas lojas em todo o mundo, o que acontecerá no dia 26 de outubro. Segue imagem de uma screenshot das propriedades do sistema com a mensagem informando que o Windows foi ativado:

Outra prova indicando que a ativação realmente foi burlada é um conjunto de imagens mostrando um Windows 8 personalizado. No novo Windows não é possível trocar o fundo da tela Inicial ou a imagem da tela de bloqueio sem a ativação e validação da cópia pelo usuário. De acordo com o Neowin, todas as edições vazadas do Windows 8 podem ser ativadas com sucesso, mesmo com o suposto novo sistema de ativação implementado no Windows 8.

Neste novo sistema, segundo slides confidenciais obtidos pelo site Myce, as OEMs (Original Equipment Manufacturer) terão que comprar chaves de licença individuais para cada computador montado (criando hashes de acordo com seu hardware) e incluir cada uma delas na BIOS do equipamento. Antes disso as OEMs poderiam montar os computadores incluindo o mesmo serial em todos eles, mas algumas fabricantes deixaram esse serial escapar, o que causou muita pirataria.

Essa mudança, que a Microsoft está chamando de OA 3.0, pode ser vantajosa no sentido de evitar a pirataria, mas para usuários que querem fazer alterações como mudar a placa de vídeo ou adicionar mais memória Ram, pode gerar problemas.   Principalmente se for necessário ativar o Windows 8 toda vez que um componente for alterado. Mas, não sabemos ainda com certeza como isso deve acontecer, já que a Microsoft não comenta rumores e vazamentos. Felizmente a apresentação, se for legítima, também mostra que as ativações do Windows7 e sistemas anteriores não deverão ser alteradas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Tecnoblog

Share.

About Author