Xiaomi e Microsoft fecham uma grande parceria

0

Muitos já devem saber que a Xiaomi decidiu dar um tempo no mercado brasileiro de smartphones e não deve trazer novos lançamento para cá tão cedo. É uma postura semelhante a da Microsoft, que segundo informações preliminares do Windows Central, decidiu não trazer seus novos smartphones da linha X50 com Windows 10 Mobile para o nosso mercado, tanto que estamos movendo uma campanha para que ela reveja essa posição, e para isso estamos subindo sempre que possível a hashtag #NewMobileDevicesInBrazil no Twitter. Ontem ela atingiu os trending topics BR na rede social com um total de mais de 24.000 tweets e retweets até a conclusão dessa matéria.

Bem, mas o assunto de hoje não é bem sobre os novos Lumias com Windows 10, mas sim, sobre uma grande parceria formalizada entre essas duas gigantes.

A parceria entre as duas empresas tem interesses mútuos, obviamente. De um lado a “Apple Chinesa” quer expandir seus horizontes e chegar a mercados onde ela ainda não atua ou que tem baixa participação, como nos EUA, onde ela só vende acessórios. Do outro temos a Microsoft, que exigiu que a Xiaomi pré-instalasse sua suite do Office e o Skype em toda a linha de smartphones e tablets da linha Mi da marca.

Xiaomi-Microsoft

A Xiaomi está comprando cerca de 1,5 mil patentes da Microsoft e licenciando outras centenas, afim de conseguir ainda mais notoriedade no mercado, e também para se livrar do medo das longas batalhas judiciais que circundam o mercado de patentes nesse segmento. A gigante chinesa também precisa correr atrás do prejuízo, já que a invasão de dispositivos de baixo custo com Android no mercado chinês tem prejudicado as vendas da empresa.

A Microsoft e a Xiaomi já possuem uma parceria interessante, que tem como finalidade o uso de uma ROM customizada do Windows 10 Mobile em smartphones como o Xiaomi Mi4. Muitos usuários chineses fizeram questão de instalar a ROM e vários testes mostraram como o software é muito promissor rodando nos aparelhos da marca.

xiaomi mi4 windows 10 mobile microsoft

Quem sabe essa parceria seja uma porta de entrada para o Windows 10 no mercado chinês, que teria como maçaneta a Xiaomi. Ela inclusive pode, um dia quem sabe, lançar uma linha de smartphones e tablets com Windows 10, ao invés de apostar todas as suas fichas no Android, como faz hoje.

Fontes: tecmundo

Share.

About Author

Especialista em Ensino das Ciências e Matemática, Microsoft MVP - Windows Insider, músico, marido, pai, servo do Deus vivo e entusiasta dos produtos e serviços Microsoft. Carpe Diem!